Logo após os jogos da Seleção Brasileira, os olhares irão voltar para os clubes. O Botafogo luta para estar bem fisicamente para o duelo contra o Grêmio, que acontece no próximo dia 13 de setembro, pelas quartas de final da Libertadores. Mas, três dias antes, tem o confronto contra o Flamengo. Sim, novamente o rubro-negro está no caminho do alvinegro nessa temporada.

Com jogos da Copa do Brasil, Brasileirão e Campeonato Carioca, irá completar o sexto encontro na temporada entre os dois times. Mas, por incrível que pareça, o alvinegro ainda não conseguiu derrotar o seu rival; foram somente dois empates e três derrotas nesse período.

A questão é: poupar os atletas diante do seu maior rival e correr o risco de perder novamente, aumentando a pressão para o jogo da quarta-feira, ou colocar todos os atletas titulares, com força máxima, mas assim correr o risco de sofrer lesões e por toda a temporada em risco?

Bruno Silva falou sobre o assunto e deixou clara a sua opinião. ''O desgaste não será uma desculpa. Eu acho que Jair terá todos à disposição. Se eu fosse ele, jogaria o clássico com a força máxima; precisamos nos consolidar no G6. Eu quero jogar no domingo'', afirmou Bruno. Com uma semana livre, o foco seria a Libertadores, certo? Não. '' Esta semana temos que pensar é no Flamengo, mas o torcedor está focado na Libertadores; estamos tranquilos sobre isso'', disse.

Uma das grandes preocupações é o zagueiro Carli [VIDEO], que está machucado e pode ser desfalque contra o Tricolor Gaúcho.

O Flamengo vem em boa fase, mas o jogo é apenas 3 dias após a primeira partida da final da Copa do Brasil. Por conta disso, há grandes chances de os jogadores mais cansados [VIDEO], como aqueles que estavam na seleção, como Guerrero e Trauco, serem poupados pelo treinador colombiano.

O último encontro dos times foi há poucas semanas, onde o rubro-negro fez o gol com Diego e terminou se classificando para a grande final da Copa do Brasil. Mas, os jogadores não devem entrar em campo pensando nesse jogo, já que ficou no passado e o duelo é válido pelo Brasileirão, onde o alvinegro quer ir longe e terminar o ano com uma vaga na próxima Libertadores garantida.

''Ficamos muito chateados, mas esse jogo agora é pelo Brasileirão. O que passou agora é passado, não tem como voltar mais'', completou Bruno Silva.

A partida acontecerá no próximo domingo, no estádio Nilton Santos, às 19 horas, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.