Ainda na briga pelo título da Copa Sul-Americana e buscando se manter na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores da América, o Flamengo também já começa a pensar na próxima temporada. De acordo com notícia publicada pela Gazeta Esportiva, o técnico Reinaldo Rueda já foi autorizado pelos dirigentes rubro-negros a preparar uma lista de nomes que não farão mais parte do elenco a partir de 2018.

E nesta relação devem constar nomes de peso no elenco.

Um dos mais criticados durante a temporada, o goleiro Alex Muralha deverá encabeçar a lista de dispensas. Depois de ter perdido espaço para o jovem Thiago e após a chegada de Diego Alves, dificilmente ele terá espaço no clube.

Outro que também deve deixar o clube é Darío Conca, que chegou com status de grande reforço para a Copa Libertadores. Ele chegou no início do ano para seguir tratando uma contusão no clube e só passaria a receber salário após entrar em campo.

Porém ele jogou poucos minutos e não nas partidas em que o Flamengo optava por usar um time alternativo não chegava a ser relacionado nem para o banco de reservas. Outro argentino que também pode estar de saída é o meia Federico Mancuello.

Outro que também pode sair, mas neste caso por conta das boas atuações, é centroavante Felipe Vizeu, que vem recebendo sondagens de equipes da Espanha e da Itália.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Flamengo PaixãoPorFutebol

Nada de seleção

O Flamengo não liberou Vinícius Junior para se juntar à Seleção Brasileira para a disputa do Mundial Sub 17. De acordo com a diretoria do clube, havia um acordo com a CBF que previa que o jovem atacante seria liberado apenas se o Rubro-Negro conquistasse o título da Copa do Brasil. Como acabou ficando com o vice, a comissão técnica conversou com o jogador e foi decidido que ele permanece no clube. “Foi uma situação analisada com a diretoria, com a comissão e com o Vinicius. Queremos o melhor para ele”, disse o técnico Reinaldo Rueda.

Nada de perguntas

Incomodada, mais uma vez com uma manchete do jornal “Extra”, a diretoria do Flamengo decidiu tomar uma medida polêmica. Momentos antes da entrevista coletiva do técnico Reinaldo Rueda, o Departamento de Comunicação do clube proibiu o jornalista Rodrigo Dantas, que também escreve para “O Globo”, de fazer perguntas ao treinador.

A princípio, a informação que circulou é que a proibição tinha partido do vice-presidente de comunicação Antonio Tabet, porém o clube posteriormente informou que a decisão foi tomada de forma coletiva.

Aliás, o próprio Tabet chegou a ser ironizado pelo jornal, por conta de um dia após a derrota nos pênaltis para o Cruzeiro ter “comemorado” a liderança nas redes sociais. No início da noite, o Dantas usou as redes sócias para anunciar o fim do veto flamenguista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo