O torcedor botafoguense sabe o jeito que a sua equipe joga. Por conta disso, não vê problemas nenhum em jogar atrás da bola, esperando o adversário partir para cima e tentar conseguir um contra-ataque, que geralmente termina em gols para o clube carioca. Nesta temporada, tudo veio dando certo dessa forma, deixou vários campeões [VIDEO]da Libertadores para trás e avançou até as quartas de final, vem fazendo um bom Brasileirão e também chegou às quartas de final da Copa do Brasil.

Mas, nem tudo são flores. No jogo [VIDEO]contra o Flamengo, as coisas mudaram. O time adversário soube se comportar e o Botafogo, por incrível que pareça, só chutou uma bola ao gol, durante os 180 minutos da semifinal.

Essa constatação deve fazer com que o técnico Jair Ventura pense outras maneiras de jogar nos jogos decisivos que estão por vir.

Um dos grandes problemas nessa partida, foi, com certeza, a falta de ofensividade do Alvinegro. No jogo contra o Bahia, a primeira após a eliminação, mostrou que o time jogou de outra forma, sem atuar recuado, foi atrás do resultado e voltou para o Rio de Janeiro com a vitória.

Nesta sexta-feira (1º), em treinamento se preparando para o jogo da Libertadores, contra o Grêmio, no dia 13, o técnico Jair Ventura colocou quatro atacantes em campo, dando mais poder ofensivo para equipe, que necessita fazer mais gols.

Vale lembrar que o primeiro duelo do jogo contra o Grêmio será disputado no Nilton Santos. É preciso fazer gols. Uma vitória simples, por 1 a 0, coloca pressão no adversário, que terá que partir para cima em casa e pode deixar espaços lá atrás.

O grande problema ao mudar de postura é que o time sai da sua zona de conforto, que o Botafogo mostrou que é ficar lá atrás, esperando. Desse modo, o sistema defensivo não fica tão protegido, aumentando, assim, as chances de um contra-ataque rival, que pode ser mortal e assim deixar escapar o sonho do titulo.

O Grêmio vem pressionado pelos últimos resultados. Com a queda no rendimento, veio a eliminação na Copa do Brasil para o Cruzeiro e também o aumento na preocupação com os desfalques. Geromel está machucado e pode não atuar, além de Pedro Rocha, um dos destaques na temporada, que acabou sendo vendido para o Futebol russo e não atua mais no time do Rio Grande do Sul.

O primeiro jogo acontece no Nilton Santos, no dia 13 de setembro. Já a partida decisiva, é fora de casa, no estádio do Grêmio, no dia 20 do mesmo mês.

Antes desse duelo, o Alvinegro tem o clássico contra o Flamengo, em jogo válido pelo Brasileirão.