Nem mesmo a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba [VIDEO], na última segunda-feira (18), o que fez o elenco adotar um discurso otimista pela briga pelo título do Campeonato Brasileiro, serviu para acalmar os ânimos de alguns jogadores do Palmeiras. No treino desta terça-feira (19),na Academia de Futebol, quando apenas os jogadores que não atuaram no dia anterior estiveram em campo, Thiago Santos e Borja se estranharam durante os trabalhos [VIDEO].

A atividade era feita em campo reduzido e em um determinado momento, Thiago fez uma cobrança mais acalorada para o colombiano, que não gostou e abandonou o treino antes de seu encerramento.

Segundo informações da do canal de TV pago ESPN Brasil, os jogadores fizeram as pazes ainda em campo.

O técnico Cuca observou tudo na beira do campo e depois foi conversar com Borja, que não vem correspondendo às expectativas dos torcedores, apesar de toda a blindagem feita pela diretoria. Atualmente na reserva de Deyverson, o jogador, que chegou com status de grande contratação, marcou apenas sete gols nos 33 jogos que fez pelo clube, o último deles na partida contra o Atlético Goianiense em 21 de junho.

Quarto colocado do Campeonato Brasileiro com 40 pontos, o Palmeiras está apenas três pontos atrás do vice-líder Grêmio, que tem dividido suas forças com as finais da Copa Libertadores. O Verdão volta a jogar domingo (24), no Maracanã, contra o Fluminense, às 16 horas.

Flu como exemplo

Próximo adversário do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, o Fluminense pode servir de inspiração ao time na luta pelo título.

Em 2009, então dirigido por Cuca, o time carioca passava por uma péssima fase apenas um ano após ser campeão. A equipe já era dada como rebaixada com rodadas de antecedência, até que iniciou uma arrancada que culminou em sua permanência na elite.

“Eu tinha uma vez 1% de chance no Flu de escapar do rebaixamento e nos agarramos a ela. Cada vez que vou ao Rio vejo uma faixa da torcida que 99% não é 100%”, lembrou o agora técnico palmeirense em entrevista após a vitória diante do Coritiba, que coincidentemente foi o time que acabou caindo, ao perder para o Fluminense na última rodada daquele campeonato.

Um fator que pode facilitar a vida palmeirense é que o time ainda terá confrontos diretos contra os três adversários que estão á sua frente na tabela. O primeiro deles no dia 30, contra o Santos, no Allianz Parque. Depois pega o Grêmio na 30ª rodada, no dia 22 de outubro, em Porto Alegre, e por fim, pega o Corinthians, pela 32ª rodada, em Itaquera, no dia 5 de novembro. Nesse meio tempo, ainda haverá o duelo entre Corinthians e Grêmio, também na arena corintiana.