Além de perder dois pontos e a chance de encostar mais no top 3 do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ainda teve [VIDEO] dois jogadores expulsos na partida do último sábado (9), contra o Atlético Mineiro [VIDEO], em Belo Horizonte, em jogo válido pela 23º rodada. Assim, o técnico Cuca usará a semana inteira de treinamentos para testar as melhores para a próxima partida, contra o Coritiba, na próxima segunda-feira (18), no Estádio do Pacaembu. O Allianz Parque passará por uma troca de gramado após receber um show nesta semana.

Na zaga, que teve Luan expulso, a tendência é que Juninho inicie o duelo atuando ao lado de Edu Dracena, uma vez que Mina ainda se recupera da contusão no pé sofrida no duelo da Copa Libertadores, há um mês.

Outra opção para o treinador palmeirense é Antônio Carlos.

Outro setor que Cuca terá que mexer é no ataque, que teve Willian expulso. Dudu, que entrou no segundo tempo da partida contra o Atlético, pode ser o substituto, mas ele ainda não reúne as melhores condições físicas e a tendência é que comece novamente no banco de reservas. Outras opções para ser o parceiro de Deyverson no ataque são Roger Guedes, Keno e Erik, além do colombiano Borja.

Com o empate em 1 a 1 diante do Atlético, o Palmeiras diminuiu um pouco a distância para os dois primeiros colocados, mas viu o Santos dobrar a vantagem que tinha. Com 37 pontos, a equipe está s quatro do Peixe, seis do Grêmio e a 13 do Corinthians.

Calendário virou aliado

Uma das principais queixas do técnico Cuca para o desempenho abaixo do esperado do Palmeiras era a questão do calendário.

Há um mês e meio o time tinha que se dividir entre três competições e o treinador reclamava que isso não permitia tempo para treinar, com dois jogos por semana. Após as eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores, o Verdão é a única equipe do G-6 a ter apenas o Brasileirão pela frente, o que pode ser algo a seu favor.

O Corinthians nas próximas semanas terá compromissos pela Copa Sul-Americana, o que inclui uma viagem até a Argentina para encarar o Racing na semana que vem. Já Grêmio e Santos, que estão logo à sua frente terão confrontos pelas quartas de final da Libertadores e podem se encontrar na semifinal.

O Flamengo, que vem logo atrás, também tem compromisso com a Copa Sul-Americana, tendo, inclusive, poupado jogadores na última rodada do Brasileiro, e ainda está envolvido na decisão da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, que é o sexto colocado.

Com esse cenário, Cuca terá quatro semanas cheias até o Palmeiras voltar a jogar em meio de semana, algo que acontecerá somente daqui a um mês, quando o time recebe o Bahia, dia 12 de outubro, no Allianz Parque.