Após a polêmica envolvendo o duelo Corinthians e Vasco no último domingo [VIDEO] (17), e mais ainda por conta da pressão feita pelo presidente do vascaíno Eurico Miranda, a CBF decidiu de maneira apressada, para não dizer equivocada, aderir ao árbitro de vídeo já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, neste final de semana, e não descartou usar o recurso no segundo jogo da final da Copa do Brasil, entre Cruzeiro e Flamengo [VIDEO], no próximo dia 27.

De acordo com o Chefe a Comissão de Arbitragem, Coronel Marinho, o recurso será usado sempre que se tenha dúvida quanto a um lance, principalmente os que envolvem gol, impedimento e penalidade.

Questionado sobre quem ficará responsável por analisar o vídeo, Marinho explicou que isso será feito por um árbitro, um assistente e um supervisor, porém a decisão final caberá sempre ao árbitro de campo e que isso seja feito o mais rápido possível.

Ele disse ainda, que à principio essas imagens serão as da TV. No entanto, ele não garantiu que isso será usado em todos os jogos da 25ª rodada e que isso passará por uma análise para saber se é possível adotar o sistema em todos as dez partidas.

Sobre a preparação dos árbitros, Marinho disse que ela já vinha sendo feita, há mais de dois anos, em um trabalho com o pessoal da Comissão de Arbitragem e que os árbitros que já participaram das competições da FIFA já estão preparados. “Queremos privilegiar o acerto agora”, explicou.

Copa do Brasil

Sobre a implantação do árbitro de vídeo no segundo jogo da decisão da Copa do Brasil, o Coronel Marinho disse que essa ideia está sendo avaliada, e que dependendo dos resultados que o recurso tiver nas rodadas do Campeonato Brasileiro poderá usá-lo na final desta competição.

Ele disse também que antes irá conversar com os representantes dos dois finalistas e só irá usar o árbitro de vídeo caso haja concordância das duas equipes.

Na Libertadores

Enquanto isso a Conmebol segue preparando os árbitros para se utilizarem do recurso tecnológico, que será implantando nas semifinais da Copa Libertadores da América. Diferente do #Brasileirão, a implantação do recurso nesta fase do torneio sul-americano já tinha sido anunciado com bastante antecedência.

Nesta segunda-feira (18), em Luque, no Paraguai, os árbitros participaram de situações reais de jogo nesta segunda-feira com a supervisão de instrutores e o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, acompanhou de perto os testes. #Árbitro de Vídeo #PaixãoPorFutebol