Brasil x Chile se enfrentam nesta terça-feira (10), às 20h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo. A partida é válida pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

A Seleção Brasileira entrará em campo com a tranquilidade de quem já está classificada para o Mundial da Rússia. Além da classificação antecipada, o time de Tite tem 38 pontos – 10 a mais que o segundo colocado Uruguai.

Desde que Tite assumiu, o selecionado amarelo sobrou na competição, emplacou uma série de vitórias e deixou os adversários comendo poeira. O Chile aparece na terceira posição, com 26 pontos, e depende apenas de si para se classificar.

A vaga na Copa depende de uma vitória sobre o Brasil, o que não é tarefa das mais fáceis. Em caso de derrota, os chilenos terão que torcer contra Argentina (6º com 25 pontos) e Paraguai (7º com 24), que enfrentam Venezuela e Equador, respectivamente.

O quarto e quinto colocados são Colômbia (26) e Peru (25). As duas seleções se enfrentam em Lima, capital peruana.

Onde assistir

A Globo faz a transmissão de Brasil x Chile, Ao vivo, para todo o Brasil. É possível também assistir pelo aplicativo Globo Play, por meio de dispositivos móveis conectados à internet. A equipe da Globo já está escalada: Galvão Bueno narra, Walter Casagrande, Junior e Arnaldo Cezar Coelho comentam.

O SporTV transmite o jogo da seleção com exclusividade na TV fechada. Assinantes podem acompanhar pelo SporTV Play. A narração da partida será feita por Milton Leite, com comentários de Mauricio Noriega e Muricy Ramalho.

Os melhores vídeos do dia

Prováveis escalações

O Brasil de Tite terá apenas uma novidade: o goleiro Ederson ganha uma chance como titular da equipe. Os demais são jogadores que já estão acostumados com a titularidade. Ou, no caso de Alex Sandro, substituto do titular Marcelo.

Ao jornalista Tino Marcos, da Rede Globo, Tite falou que ainda está consolidando um time titular. Por este motivo, o técnico da seleção brasileira não fará nenhuma mudança além da entrada do novo goleiro.

O Chile vem com força máxima e tem em Alexis Sánchez, vice-artilheiro das Eliminatórias com sete gols, a esperança para vencer o Brasil.

Brasil: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Alex Sandro; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus e Neymar. Técnico: Tite.

Chile: Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Francisco Silva, Pavez (Felipe Gutiérrez) Hernández e Valdívia; Eduardo Vargas e Alexis Sánches. Técnico: Juan Antonio Pizi.