O Fluminense encerrou, na manhã desta terça-feira, 24, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, a sua preparação para o confronto de quarta, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, diante do Flamengo, o primeiro jogo entre ambos por uma vaga para as semifinais da #Copa Sul-Americana. Ao longo de quase duas horas, o técnico Abel Braga comandou um treinamento tático, no qual orientou a movimentação dos atletas e ensaiou jogadas no campo ofensivo. Para encerrar, alguns trabalharam cobranças de pênaltis e finalizações a gol.

A atividade contou com quase todo o elenco, inclusive, Douglas, Orejuela, Junior Sornoza e Henrique Dourado, que, reclamando de dores, não enfrentaram a Chapecoense no último domingo.

Além de Henrique e Wellington Silva, afastados há algum tempo devido a problemas musculares. Todos devem ficar à disposição para o Fla-Flu. O único oficialmente vetado é o lateral-direito Renato, acometido de um estiramento muscular.

Depois do treino, Henrique Dourado conversou com os jornalistas. Segundo o Ceifador, artilheiro da equipe na temporada com 30 gols, quatro deles na Sul-Americana, é preciso ter inteligência para superar o rival na competição internacional.

"É uma oportunidade para vencermos o Flamengo, o que ainda não conseguimos em 2017 (em seis jogos, quatro empates e duas derrotas). Vamos desfrutar dessas duas partidas da melhor forma possível. E que possamos nos classificar. Temos que ter inteligência. Se não tomar gol é meio caminho andado. Total atenção para construir o placar.

Mas sempre sabendo que tem o jogo da volta", resumiu o camisa 9.

Sem Gum, que não foi inscrito, a tendência é de que o Fluminense vá a campo com Diego Cavalieri, Lucas, Reginaldo, Renato Chaves e Marlon; Richard, Douglas e Júnior Sornoza; Gustavo Scarpa, Marcos Júnior e Henrique Dourado.

Até o momento, mais de 15 mil ingressos já foram vendidos antecipadamente. Os bilhetes, que custam R$ 70 para o Setores Norte Sul, R$ 100 para o Leste Superior, R$ 120 para o Leste Inferior e R$ 245 para o Maracanã Mais, continuam sendo negociados e a expectativa é por um público entre 40 mil a 50 mil presentes no Maracanã.

O #Fluminense disputa a Copa Sul-Americana pela sexta vez na história. Sua melhor participação foi em 2009. Na ocasião, ficou com o vice-campeonato, perdendo na final para a LDU, de Quito (Equador). Ao todo, o Fluminense realizou 32 jogos pelo torneio, obtendo 15 vitórias, nove empates e sofrendo oito derrotas, marcando 45 gols e tendo 32 gols contra. #PaixãoPorFutebol