Em jogo válido pelo Campeonato Francês, um simples abraço pode ter selado a paz entre #Neymar e Cavani.

O PSG [VIDEO] tem apresentado, neste início de temporada europeia, um grande futebol. O clube abriu os cofres montando um verdadeiro esquadrão de craques. O projeto é ambicioso: a conquista da #Liga dos Campeões da Europa.

Neste contexto, comprou o atacante do Barcelona, Neymar. A transação teve um custo estimado de 1 bilhão de reais a mais cara de todos os tempos. Logo de cara o brasileiro recebeu a camisa 10 do time e sua apresentação oficial foi cercada de honrarias. Enfim, Neymar [VIDEO] veio para Paris para ser o dono do time.

O que era só festa e bom futebol, começou a enfrentar problemas extra campo, o ego de dois grandes jogadores. O atacante uruguaio Cavani, não concordou em ceder para Neymar às cobranças de falta e pênalti.

Cavani [VIDEO] é um dos grandes centroavantes do futebol mundial, possui um bom aproveitamento nas cobranças de pênalti e já joga pela esquipe do #PSG à várias temporadas, sendo um dos principais líderes da equipe dentro e fora de campo.

Durante a transferência foi prometido a Neymar a condição de ser o melhor jogador do mundo. O atacante sabe que para atingir este patamar precisará aproveitar todas as oportunidades de gol, como cobranças de faltas e pênaltis. Seus principais concorrentes ao título de melhor do mundo são Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Messi (Barcelona), ambos são cobradores oficiais de falta e pênalti de suas equipes.

Os melhores vídeos do dia

Segundo relatos da mídia francesa, a discussão dentro de campo entre Neymar e Cavani continuou no vestiário, necessitando ser acalmada pelo capitão da equipe o zagueiro Thiago Silva.

O proprietário do time, o bilionário Al-Khelaifi do Catar, propôs ao uruguaio ceder para o brasileiro o direito de cobrar os pênaltis em troca de uma compensação financeira.

Se o problema entre os dois foi resolvido, não sabemos, só o passar do tempo irá dizer.

Fato é que durante a partida entre Paris Saint-Germain e Bordeaux, deste sábado (30), houve um pênalti e o batedor foi Neymar, na comemoração o brasileiro prontamente procurou Cavani e os atacantes comemoraram com um abraço.

A partido deste sábado foi vencida facilmente pelo PSG, pelo placar de 6 a 2.

A equipe francesa será favorita em todas as competições que disputar, tem um elenco e time espetacular. Caberá ao técnico além da parte técnica e tática, a gestão de egos e vaidades das grandes estrelas do time.