O Palmeiras já vem estudando fazer novos investimentos para o ano de 2018, pois com o maior patrocínio da América do Sul, o Verdão sempre é o time que mais contrata no intervalo de temporadas do Futebol brasileiro. Porém, dessa vez, a diretoria alviverde deve ser mais calculista e até um craque brasileiro que bilha na Europa pode surgir no clube.

O técnico Cuca já foi demitido do clube e um novo treinador deve ser buscado para começar o projeto 2018, mas o clube ainda se esforça para manter-se no G4 do Campeonato Brasileiro para disputar a Copa Libertadores da América no próximo ano.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Reforço de peso

O jogador jogou a Copa do Mundo de 2014 pela Seleção Brasileira e atualmente brilha no Shakhtar Donetsk. Trata-se de Bernard, apelidado por Galvão Bueno como "o menino que tem alegria nas pernas", pois entrava nos jogos da seleção e colocava muita velocidade no jogo.

Porém, após participar do vexame de 7 a 1 contra a Alemanha, o jovem não teve mais oportunidades na seleção.

Mesmo com um bom desempenho na Europa, pois marcou dois gols na última vitória do Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões, o jogador ainda deseja voltar para a Seleção Brasileira. Com o seu contrato acabando em junho de 2018 [VIDEO], o atacante estuda voltar para o Brasil.

Proposta?

Uma grande proposta deve ser feita para o Bernard ser repatriado pelo Palmeiras. Ele deseja brilhar no Brasil e chamar a atenção do técnico Tite, mas é bem provável que o jogador não seja convocado para a Copa do Mundo, até porque o treinador da Seleção Brasileira não modificará muito mais o time atual.

A Crefisa deve investir a mesma ou maior quantia do que as contratações do ano passado, mas a única mudança que deve ocorrer agora é que serão muito menos reforços do que em 2017, até porque um dos problemas da equipe foi o excesso de jogadores no elenco.

Isso dificultou o trabalho do técnico de montar um time titular.

Bernard deve ser uma contratação de peso e também irá custar muito para o Palmeiras, pois o investimento deve ser feito antes de começar a temporada 2018. Para isso, a diretoria do time europeu terá que aceitar a proposta do Verdão, que, por sinal, deve ser muito alta para despertar o interesse dos europeus.

O padrão de investimentos do Palmeiras já chega ao patamar de alguns clubes europeus, mas muitos jogadores dão atenção para a visibilidade que os clubes podem dar. Por isso, estar na Libertadores da América [VIDEO] contará muito para qualquer contratação de peso do Verdão.