Parece que os dias de “exílio” do meia Felipe Melo estão perto do fim. Afastado desde julho do elenco principal do Palmeiras, o jogador será relacionado para o jogo contra o Bahia, nesta quinta-feira (12), no Estádio do Pacaembu, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi dada pelo próprio técnico Cuca durante o programa “Baita Amigos”, desta segunda-feira (9), exibido pelo canal por assinatura Band Sports.

O treinador citou que ele atuou no jogo-treino realizado contra o Desportivo Brasil e que deverá começar o jogo no banco de reservas e, caso entre na partida, poderá ser usado em duas funções.

Publicidade
Publicidade

“Se precisar ir para um jogo, a gente tem ele como volante ou zagueiro”, disse.

Cuca disse ainda que ele será importante para o Palmeiras não apenas nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, como também no futuro, revelando ainda que Felipe poderá ser eventualmente usado nesta nova posição. O treinador elogiou seu posicionamento positivo e revelou uma conversa, onde questionou o jogador se já havia pensado em atuar como zagueiro.

Coma resposta afirmativa de Felipe, o treinador decidiu trabalhar o jogador para esta nova função. Além disso, os problemas de relacionamento entre eles ficaram no passado. “O que passou, passou, já faz parte do passado”, disse.

Felipe Melo pode voltar contra o Bahia
Felipe Melo pode voltar contra o Bahia

Relembre o caso

A novela sobre o afastamento e volta de Felipe Melo começou no dia 27 de julho, data em que o Palmeiras foi eliminado pelo Cruzeiro da Copa do Brasil. Na ocasião, o jogador deu uma entrevista afirmando que havia “sacanagem no time”. Dois dias depois, na véspera do jogo contra o Avaí, saiu a notícia sobre seu afastamento e que ele não vestiria mais a camisa do clube, fato confirmado pelo próprio técnico após o duelo contra os catarinenses.

Publicidade

Posteriormente, teve ainda o áudio vazado em que o jogador chama Cuca de “mau-caráter” e disse que com ele não trabalharia mais. No entanto, após a eliminação na Copa Libertadores e o fechamento da janela de transferência europeia, além de querer evitar problemas com a Justiça, a situação aos poucos começou a mudar e um processo de reaproximação começou a ser costurado pela diretoria do clube.

O jogador, então, voltou a treinar, primeiro em separado e depois com o restante do elenco principal.

O último capítulo dessa história, ao que tudo indica, está bem perto de acontecer, com o jogador voltando a vestir a camisa verde contra o Bahia.

Ocupando a quinta colocação – perdeu um posto para o Cruzeiro que adiantou seu jogo com a Ponte Preta e venceu -, o Palmeiras soma 43 pontos. Já o Bahia faz parte daquela ferrenha turma que luta para fugir do rebaixamento e está em 13º lugar, com 31 pontos.

Leia tudo e assista ao vídeo