Não é certo ainda que o Brasil volte ao topo da América na Libertadores, afinal, a competição está nas semifinais [VIDEO] e o país conta com apenas o #Grêmio como representante. No entanto, ao menos em valores de mercado, o país pode ser considerado a grande estrela do continente, já que de acordo com a Revista Forbes, os dois clubes mais valiosos são o Corinthians e o Grêmio. O curioso é que os dois são os únicos clubes brasileiros citados no Top 10, e depois a publicação coloca times norte-americanos, argentinos e mexicanos.

Para chegar ao resultado, a Forbes do México analisou três pontos dos clubes: o valor do elenco (contando apenas jogadores com direitos econômicos ligados ao clube), o valor estimado da marca e o custo do estádio.

O #Corinthians aparece assim na primeira posição com o valor de R$ 1,8 bilhão, e o Grêmio na segunda, valendo praticamente um bilhão a menos, R$ 933,7 milhões.

Top 10 da Forbes do México

O levantamento envolveu as 15 principais ligas da América. Sendo assim, 150 times foram avaliados nos três critérios citados acima. Depois dos dois clubes brasileiros, estão dois times do México, Chivas e o Monterrey. O Top 10 ainda conta com três times norte-americanos: Nova Iorque Red Bull, Orlando City, do brasileiro Kaká e que tem dono brasileiro Flávio Augusto da Silva, dono da Wise Up, e o Los Angeles Galaxy, que conta com David Beckham como embaixador.

Em oitavo lugar está o único clube argentino entre os 10 mais valiosos, o River Plate. A nona colocação é ocupada pelo mexicano Santos Laguna e a décima pelo Atlanta, dos Estados Unidos.

Outros brasileiros ainda aparecem entre os 20 mais caros. O São Paulo ocupa a 13.ª posição, valendo R$ 463,2 milhões. Depois, vem o Flamengo, apenas em 17.°, com o valor de R$ 401,3 milhões. A 19.ª e a 20.ª posições são ocupadas respectivamente por Atlético-MG (R$ 368 milhões) e Cruzeiro (R$ 359 milhões).

Vale contar que o Brasil poderia ter mais países dentro do Top 10, já que times como Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG ainda não possuem um estádio próprio. O Flamengo utiliza o Maracanã ou a Ilha do Urubu, que pertence, na verdade, à Portuguesa do Rio de Janeiro. Já o Cruzeiro faz uso do Mineirão, enquanto o Atlético-MG utilizada o Independência, do América-MG.

Desses três clubes, vale lembrar que o Galo está começando a construção do seu estádio e deve sair dessa fila. A Arena MRV já foi aprovada e está em fase de licitação, onde a HTB e a Racional Engenharia disputam para ver quem construirá o estádio atleticano. #Futebol