Na calorosa manhã desta terça, o Fluminense realizou novo treinamento fechado no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro e deu indícios de qual será a escalação para o clássico da próxima quinta, feriado de 12 de outubro (Dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil), às 17h (de Brasília), no Maracanã, diante do Flamengo, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Abel Braga tem duas dúvidas para confirmar o time. Na zaga, sem Frazan, que recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota de 1 a 0 para o Grêmio,em Porto Alegre, a tendência é pela dupla formada por Reginaldo e Nogueira, mas Henrique, Renato Chaves e Gum, recuperados de lesões, também podem ganhar uma oportunidade.

A outra indefinição é saber quem ocupará a função de primeiro volante, uma vez que Orejuela, defendendo a seleção do Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, só retorna ao Rio na quarta. Caso ele não possa atuar, Richard, atleta trazido junto ao Atibaia-SP, é o favorito, mas Pierre, que volta após sofrer uma cirurgia no pé direito devido a uma fratura sofrida ainda na segunda rodada do Brasileirao (vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, em Belo Horizonte), tem chance de iniciar a partida.

Com as dúvidas de Abel, o Fluminense entrará no gramado do Maracanã com Diego Cavalieri, Lucas, Reginaldo, Nogueira (Henrique ou Renato Chaves ou Gum) e Léo, Jefferson Orejuela (Richard ou Pierre), Douglas, Wendel, Júnior Sornoza e Gustavo Scarpa; Henrique Dourado.

Após o treino, conforme havia sido prometido anteriormente, jogadores, comissão técnica e membros da diretoria se encontraram com cerca de 15 integrantes das torcidas organizadas.

Na reunião, os torcedores garantiram apoio total na reta de encerramento da temporada, exigindo, porém, que o elenco demonstre, no mínimo, vontade para tentar conseguir os resultados positivos ao longo dos jogos.

Na quarta, pela manhã, haverá, novamente no CT Pedro Antônio, o último treino antes do Fla-Flu, que deverá receber um grande público. Por enquanto, mais de 19 mil ingressos já foram vendidos e a expectativa é pela presença de 40 mil torcedores.

Somando 31 pontos e em 16º lugar, o Fluminense, que, nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, chegou a frequentar a parte de cima e sonhar com uma das seis vagas para a próxima Taça Libertadores da América, necessita da vitória sobre o maior rival para se afastar do Z-4, grupo dos quatro rebaixados à Série B em 2018.