Cuca não é mais técnico do Palmeiras. A decisão aconteceu após o empate com o Bahia, na última quinta-feira (12), por 2 a 2 no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O Verdão começou na frente com gols de William e Bruno Henrique abrindo 2 a 0, mas no segundo tempo o time baiano pressionou e conseguiu o empate no segundo tempo com dois gols Edigar Junio empatando a partida.

Cuca deixou o estádio sob vaias dos torcedores e na tarde desta sexta-feira (13), a diretoria informou por meio de uma nota oficial que ele não era mais treinador do clube.

Em 2016, Cuca foi Campeão Brasileiro voltando ao Palmeiras em maio, depois da saída de Eduardo Baptista.

Já a segunda passagem do técnico pelo Verdão não foi muito boa.

A equipe não jogava bem e para piorar a situação Cuca teve brigas com Borja e Felipe Melo, amargando eliminações na Copa do Brasil e Libertadores.

Ainda para piorar viu o líder Corinthians abrir 14 pontos deixando a equipe na quinta posição do campeonato faltando 11 rodadas para o fim. Sendo assim fica praticamente difícil do torcedor acreditar no título.

O treinador esteve à frente do time em 34 jogos em 2017 conquistando 16 vitórias, sete empates e 11 derrotas.

Mano Menezes

Uma fonte ligada ao Palmeiras informou que já está quase tudo acertado com o técnico Mano Menezes assumir o comando da equipe na próxima temporada.

Para o Canal FOX, Mano disse que irá ouvir a proposta do time do Paulista, mas fontes confirmam que o treinador do Cruzeiro deverá assumir o Verdão em 2018.

Os melhores vídeos do dia

Com a troca de treinador, o atacante Borja e o volante Felipe [VIDEO] Melo poderão ter mais chances na equipe titular. Borja, a contratação mais cara do Palmeiras na temporada, não conseguiu mostrar seu futebol que era apresentado no Atlético Nacional (Colômbia) e amarga a reserva do time desde quando chegou a São Paulo. Já Felipe Melo teve uma discussão feia com Cuca foi afastado do time, e chegou a treinar separado do elenco em horários diferentes. O treinador não queria que o volante sequer encontrasse os colegas de trabalho.

Maldição da camisa 30

No Verdão existe até a 'maldição da camisa 30', a mesma usada por Felipe Melo. Desde que Kleber Gladiador, que vestia a camisa, saiu nenhum jogador conseguiu mostrar um bom futebol com número.

Depois do Gladiador, que saiu brigado com Felipão. O colombiano Ortigoza e foi o que mais agradou a torcida, mas nada de títulos. Depois foi para Diego Souza, da base, e não teve mais um dono à altura dos antigos jogadores que a vestiram.