Cuca não é mais técnico do Palmeiras. A decisão aconteceu após o empate com o Bahia, na última quinta-feira (12), por 2 a 2 no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O Verdão começou na frente com gols de William e Bruno Henrique abrindo 2 a 0, mas no segundo tempo o time baiano pressionou e conseguiu o empate no segundo tempo com dois gols Edigar Junio empatando a partida.

Cuca deixou o estádio sob vaias dos torcedores e na tarde desta sexta-feira (13), a diretoria informou por meio de uma nota oficial que ele não era mais treinador do clube.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Palmeiras

Em 2016, Cuca foi Campeão Brasileiro voltando ao Palmeiras em maio, depois da saída de Eduardo Baptista. Já a segunda passagem do técnico pelo Verdão não foi muito boa.

A equipe não jogava bem e para piorar a situação Cuca teve brigas com Borja e Felipe Melo, amargando eliminações na Copa do Brasil e Libertadores.

Ainda para piorar viu o líder Corinthians abrir 14 pontos deixando a equipe na quinta posição do campeonato faltando 11 rodadas para o fim. Sendo assim fica praticamente difícil do torcedor acreditar no título.

O treinador esteve à frente do time em 34 jogos em 2017 conquistando 16 vitórias, sete empates e 11 derrotas.

Mano Menezes

Uma fonte ligada ao Palmeiras informou que já está quase tudo acertado com o técnico Mano Menezes assumir o comando da equipe na próxima temporada.

Para o Canal FOX, Mano disse que irá ouvir a proposta do time do Paulista, mas fontes confirmam que o treinador do Cruzeiro deverá assumir o Verdão em 2018.

Com a troca de treinador, o atacante Borja e o volante Felipe [VIDEO] Melo poderão ter mais chances na equipe titular. Borja, a contratação mais cara do Palmeiras na temporada, não conseguiu mostrar seu futebol que era apresentado no Atlético Nacional (Colômbia) e amarga a reserva do time desde quando chegou a São Paulo.

Os melhores vídeos do dia

Já Felipe Melo teve uma discussão feia com Cuca foi afastado do time, e chegou a treinar separado do elenco em horários diferentes. O treinador não queria que o volante sequer encontrasse os colegas de trabalho.

Maldição da camisa 30

No Verdão existe até a 'maldição da camisa 30', a mesma usada por Felipe Melo. Desde que Kleber Gladiador, que vestia a camisa, saiu nenhum jogador conseguiu mostrar um bom futebol com número.

Depois do Gladiador, que saiu brigado com Felipão. O colombiano Ortigoza e foi o que mais agradou a torcida, mas nada de títulos. Depois foi para Diego Souza, da base, e não teve mais um dono à altura dos antigos jogadores que a vestiram.