Não é novidade para ninguém que nesses últimos anos o Flamengo [VIDEO] vem fazendo grandes contratações. Para a temporada de 2018, o clube pretende manter a tradição e reforçar ainda mais o time. Isso porque, além da pressão da torcida por títulos, o que sempre acontece todos os anos, dessa vez a patrocinadora do clube, a Adidas, pretende ajudar a diretoria do Flamengo a trazer um grande reforço [VIDEO] para o técnico Reinaldo Rueda em 2018.

Esse envolvimento da Adidas em meio as contratações que o Flamengo pretende fazer na próxima temporada, sem dúvida nenhuma, deve deixar a torcida rubro-negra muito animada. Isso porque, como já é visto todos os anos no Brasil, quando as principais patrocinadoras se envolvem em uma certa negociação junto com algum clube elas sempre conseguem um bom retorno para o time.

Com a crise que o mercado do Futebol brasileiro vem enfrentando, sem a ajuda de patrocínio a maioria dos clubes não conseguem fazer boas contratações e acabam decepcionando as suas torcidas. Dessa vez, a união entre Flamengo e Adidas pode dá muito certo, já que o clube vêm tendo uma boa gestão financeira, fato que deixaria a Adidas menos preocupada na negociação.

Um fato que pode alegrar a torcida rubro-negra é a lembrança de uma das principais contratações do clube no ano de 2011, quando a diretoria do Flamengo conseguiu contratar Ronaldinho Gaúcho. Vale ressaltar, que naquela época o clube não estava em boas condições financeiras e mesmo assim com a ajuda de alguns de seus principais patrocinadores, o time da Gávea conseguiu convencer o jogador a vestir a camisa do Flamengo. Naquele mesmo ano, o clube ainda conseguiu contratar o meia Thiago Neves, que também foi uma das grandes estrelas daquele time de 2011 e formou uma grande dupla com Ronaldinho Gaúcho no meio de campo do Flamengo.

Desta vez o alvo do Flamengo e principalmente da Adidas é mais um meia com grandes passagens pela seleção brasileira e ídolo do país. Se trata do meia Kaká, que recentemente já garantiu que não irá renovar com o seu atual clube. Diante dessa situação, a Adidas poderia facilitar a vinda do meia para o Flamengo e se depender da torcida rubro-negra o clube deverá fazer uma proposta de pelo menos um ano para contar com o jogador. Kaká tem 35 anos e apesar de já ter decidido que não irá ficar no atual clube em que defende nos Estados Unidos, o meia ainda não decidiu se o seu desejo é voltar ao Brasil, encerrar a carreira na Europa ou até mesmo se aposentar, que também surge como uma possível escolha do jogador, por conta de sua idade avançada e de suas condições físicas.