O Palmeiras [VIDEO] promete botar fogo no Campeonato Brasileiro 2017. O Verdão venceu o Atlético-GO fora de casa por 3 a 1 e viu o rival Corinthians perder para o Bahia, em Salvador, por 2 a 0. A distância diminuiu para 11 pontos. Ainda é um número considerável de pontos, mas a esperança alviverde se dá por causa da tabela alvinegra, que tem confrontos complicados pela frente. Na quarta, por exemplo, o Corinthians recebe o Grêmio em confronto direto. E ainda tem confronto direto também com o #Palmeiras. Ou seja, o final do Campeonato pode espreitar uma diferença bem menor e tornar as coisas mais acirradas.

Keno neles

Sem muitas chances com o técnico Cuca, o atacante Keno foi escalado por Alberto Valentim, técnico interino, como titular.

E não decepcionou. Fez três armações de jogada e uma delas um espetáculo: deu uma cavadinha para Moisés mandar a bola para as redes. Jogou bem, armou, tocou e não deve mais dar chances para Deyverson no ataque titular.

Alberto Valentim também escalou Bruno Henrique e Thiago Santos, além de Tchê Tchê. Guerra nem foi relacionado e foi dispensado para resolver problemas pessoais, mas quando voltar deve ter mais chances também.

Novo técnico

Valentim dá total condição para o Palmeiras efetivá-lo. Aliás Maurício Galiotte, presidente do clube, recebe pressão para efetivar Valentim. Mas uma outra ala da diretoria quer um técnico de nome e tarimba para comandar o time no próximo ano, provavelmente classificado para a Copa Libertadores da América.

Esse nome é Mano Menezes, técnico do Cruzeiro. O treinador recebe R$ 500 mil mensais em Minas Gerais e a diretoria da Toca da Raposa promete ir além.

Uma reunião nessa semana deve confirmar a oferta maior de salário.

De acordo com matéria do site da ESPN, o Palmeiras tentou contato com Mano no final de setembro. Talvez já imaginando que Cuca não daria conta os resultados, a diretoria conversou com o estafe do treinador para avaliar o que poderia ser feito. A resposta foi negativa, mas as portas seguiram abertas. Mano não descartou defender o Palmeiras, mas também não descartou seguir em Minas. Ambos os times, agora, entrarão em um leilão diretamente para ficar com o técnico.

Se não conseguir fechar com o atual técnico do Cruzeiro, o Palmeiras tentará mesmo dar uma chance para Alberto Valentim. O atual técnico interino já passou como auxiliar com vários treinadores, desde Felipão, Gilson Kleina, Ricardo Gareca, Cuca, Dorival Júnior. São nomes fortes e que Valentim acabou pegando um pouco de cada, já que dava treinamentos diariamente quando os técnicos tinham algum outro afazer. #Futebol #Mercado da bola