Está muito complicada a situação em Barcelona e tudo isso poderia levar à saída de Messi do clube. O astro argentino [VIDEO] sempre jurou fidelidade ao Barça, mas a situação recente, política e esportiva, pode precipitar a saída do jogador.

Messi já não é feliz como antes na cidade, e poderia mesmo sair, aos 30 anos. Na Inglaterra, a sua chegada está apenas dependente de um ‘’sim’’, e tudo está nas mãos do jogador.

Incomodado com instabilidade política na Catalunha

Andres Iniesta assinou um contrato vitalício com o Barcelona, durante a última semana.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

No entanto, é a situação de Lionel Messi que mais vai preocupando. O jogador ainda não assinou e toda a situação política da Catalunha, associada às suas más relações com o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, poderiam precipitar o desfecho que os torcedores do Barça mais temem.

Este ano tem sido complicado para Messi e, logo agora, que ele precisava estar mais comprometido com o time, uma vez que está no final de seu contrato. Após um atentado terrorista na cidade, que teria deixado o jogador preocupado com sua segurança e de sua família, Messi vive agora nova turbulência com todo essa questão de independência da Catalunha, que está deixando sua cidade debaixo de fogo.

A Catalunha pretende se separar da Espanha e o governo de Madri vai vetando esse desejo, existindo já um clima tenso e muito violento. No domingo passado (1º), quase mil pessoas ficaram feridas após confrontos com a polícia espanhola, durante um referendo. Messi vai se mantendo à margem de tudo isso, mas a verdade é que isso poderia estar prejudicando sua estabilidade emocional.

Barcelona enfraquecido com saída de Neymar

Junto com o problema político, tem ainda o problema esportivo.

O jogador não está feliz pela forma como está seu time. Depois de na temporada passada, o Barcelona ter conquistado somente a Copa do Rei, sendo que o Real Madrid ganhou o campeonato e a Champions.

Messi ficou frustrado [VIDEO] com isso e pior ficou quando viu o Barcelona perdendo Neymar para o PSG, da França, aumentando mais ainda as dificuldades de seu time, que ele acredita não estar tão competitivo como ele desejaria. Tudo isso fez aumentar a tensão entre Messi e o presidente Bartomeu, com quem ele teria uma "relação fria" atualmente.

City chama por Messi

Para aumentar a tensão, Messi tem uma proposta para ser feliz. De Manchester chega a oferta para ele se juntar a Pepe Guardiola em um time forte e muito motivado para conquistar a Europa. De acordo com o jornal AS, o clube e o representante de Messi estão em "conversações sérias" para que essa transferência aconteça logo que possível.

Supostamente, o Manchester City estaria disposto em oferecer 400 milhões de euros (R$ 1,48 bilhão) por aquele que é considerado por muitos como o melhor jogador da história do Futebol.