O goleiro da Indonésia, Choirul Huda, sofreu um forte choque com o companheiro do seu time, o brasileiro Ramon Rodrigues, durante uma partida válida pela Super League do país. A partida era entre o Persela Lamongan e o Semen Padang e ocorreu neste domingo (15).

Choirul, que defendia o Persela Lamongan, acabou se chocando com o próprio companheiro de equipe. A batida foi muito forte na cabeça. Infelizmente, ele acabou não resistindo. Ele tinha 38 anos e já somava 500 partidas pelo time e era considerado um dos ídolos da equipe.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Nas imagens, dá pra ver que o goleiro sai em disparada de encontro com a bola. Porém, a perna de Ramon bate em sua cabeça. O choque foi tão forte que Ramon demonstrava fortes dores na perna após a batida com o goleiro.

A princípio parecia apenas um susto, mas de repente o goleiro se agachou e parecia já estar tendo algum ataque. Ele inclinou a cabeça e nesse momento os médicos entraram em campo para socorrê-lo.

Ele foi encaminhado com urgência para o hospital, mas não conseguiu sobreviver.

A partida continuou e Persela venceu por 2 a 0. Após o jogo, os atletas foram até o hospital e se surpreenderam ao saber da morte do companheiro. A indonésia está vivendo um dia de grande tristeza e dor com a morte de Choirul. Veja o lance que causou a morte do goleiro:

Tristeza

A transmissão da partida pela "TV One" chegou a ser interrompida em decorrência da queda dos dois atletas.

Um dos paramédicos contou, em uma entrevista, que o goleiro estava consciente, mas reclamava de fortes dores no peito. No trajeto até o hospital, ele acabou desmaiando e a tensão tomou conta de todos os socorristas.

Ele foi levado até o Hospital Regional Geral de Lamongan e mesmo chegando com vida, não conseguiu resistir. Os companheiros de Huda ficaram abalados com a notícia trágica. O técnico Aji Santoso foi o responsável em confirmar a morte.

Comoção

Em um depoimento comovente, o treinador falou que a morte de Choirul Huda mexeu com todos e afetou o psicológico de cada um. Foi muito triste.

O médico que cuidou do goleiro comentou que a causa da morte foi em decorrências de traumas na cabeça e no pescoço.

Huda era muito popular na Indonésia. Persela foi o único time da sua vida e ele defendia o clube desde 1999. As pessoas gostavam muito dele e admiravam suas defesas. O clube decretou luto [VIDEO] e várias homenagens foram feitas através das redes sociais.

A história da passagem de Huda pelo Persela Lamongan ficará eternizada na memória de todos os fãs do time e admiradores.