O Fluminense terá um importante reforço para mais um desafio na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Assim como ocorreu na última segunda, Wellington Silva participou normalmente do treino da manhã desta terça-feira, 17, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, e garantiu a sua presença no confronto de quarta-feira, 18, às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã, diante do São Paulo, válido pela 28ª rodada da competição nacional.

Sem atuar há três jogos por conta de uma inflamação na região pubiana, o atacante deve começar como opção no banco de reservas, com Marcos Júnior e Henrique Dourado mantidos no setor ofensivo do Tricolor.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

Além de Wellington Silva, o Flu contará com o retorno de Lucas e Douglas, que não enfrentaram o Avaí no último domingo (vitória de 1 a 0, no Maracanã) por terem recebido o terceiro cartão amarelo.

Em contrapartida, Wendel, suspenso pelo mesmo motivo, é desfalque certo. Outra ausência é o lateral-direito Renato, que sofreu uma lesão muscular.

Recuperado de um estiramento na coxa esquerda, o zagueiro Henrique deu continuidade ao processo de transição entre o departamento médico e a fisioterapia com uma corrida ao redor do gramado. Não há uma confirmação oficial, mas a expectativa é de que ele possa estar à disposição do técnico Abel Braga no próximo dia 25 de outubro, quando o Fluminense terá a partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Flamengo.

Após a atividade, o meia Gustavo Scarpa concedeu entrevista coletiva. Segundo o camisa 10, é fundamental vencer o São Paulo e, por isso, todos precisam ter atenção para não serem surpreendidos pelo time paulista.

"Eles têm um time bastante técnico, com jogadores de seleção.

Tem o Hernanes ainda. Temos de tomar cuidado. A gente sabe da importância do jogo de amanhã, do quanto a gente precisa ganhar para se distanciar de uma vez por todas do Z-4. A gente sabe que precisa melhorar, mas precisa ganhar", resumiu Scarpa.

Os jogadores foram liberados e só se apresentam no dia do jogo, na hora do almoço, em um hotel na zona sul do Rio. Não havendo qualquer tipo de surpresa de última hora, o Fluminense, 12º colocado com 35 pontos - três a mais em relação à Ponte Preta, equipe que abre o Z-4 do Brasileirão - irá a campo com Diego Cavalieri no gol; Lucas, Gum, Reginaldo e Marlon na defesa; Richard, Douglas, Junior Sornoza e Gustavo Scarpa formando o setor de criação para municiar Marcos Júnior e Henrique Dourado.