Com um time recheados de atletas formados na suas categorias de base, o Fluminense [VIDEO], apesar de ter sido finalista do Campeonato Carioca, alcançado as oitavas-de-final da Copa do Brasil e as quartas da Copa Sul-Americana, jamais passou confiança ao seu torcedor de que conquistaria um título ao longo de 2017. Sem reclamar publicamente das dificuldades, o técnico Abel Braga, em entrevista concedida após a derrota de 2 a 1 para o Sport na tarde do último sábado, no Maracanã, cobrou uma mudança de postura por parte da diretoria, visando a temporada do ano que vem. Segundo o comandante, mesmo que gere a redução na qualidade, o elenco precisará ser mais competitivo.

"Quero, pelo menos, sonhar. Não os conquista com sorte. Conquista com trabalho, entrega. Quero para o ano que vem uma equipe que seja mais competitiva. Até que jogue menos, mas tem que competir mais. Uma equipe que seja mais pesada em campo, que duele mais. Temos de rever muita coisa. Alguns caminhos que seguimos, precisam ser mudados", disse o comandante, acrescentando que já teve uma conversa preliminar com o presidente Pedro Abad sobre a necessidade de mudanças.

"Não é vontade de ninguém, nem do treinador, jogadores e direção passar um ano como nós passamos. Já tivemos uma conversa sobre ideias. Ele (Abad) tem ideias muito parecidas. Conseguimos terminar pior que ano passado. Temos de rever muita coisa, de forma interna, em relação ao grupo. Sempre acontecem muitas saídas e chegadas, mas alguns caminhos que seguimos, precisam ser mudados.

Isso no dia a dia vamos debater.", complementou.

No domingo que vem, o Fluminense faz a sua última partida na atual temporada. No Estádio Olímpico de Goiânia, enfrenta, a partir das 17h (de Brasília), o Atlético-GO pela rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro. Com 46 pontos, o Tricolor ocupa, até o momento, o 14º lugar na principal competição do futebol nacional e, apesar dos pesares, pode garantir uma vaga na próxima Copa Sul-Americana. Para isso, necessitará de duas derrotas da Chapecoense ou que o Grêmio confirme o título da Taça Libertadores.

Outra motivação da equipe das Laranjeiras é confirmar Henrique Dourado [VIDEO] como artilheiro do Brasileirão. Autor de 18 gols, o Ceifador divide o posto com Jô, mas o centroavante do Corinthians [VIDEO] não estará em campo, pois o técnico do Alvinegro Paulista, Fábio Carille, já avisou que, contra o Sport, na Ilha do Retiro, usará os reservas.