Nas 20 Copas do Mundo, vários resultados foram considerados como surpresas, como as derrotas do Brasil para o Uruguai, em 1950, da Hungria para a Alemanha, em 54 e da Holanda para a Alemanha, em 74. Mas há outros jogos que não são só surpresa e são classificados como grandes zebras.

Confira abaixo a lista com as 10 maiores zebras da História das Copas:

1- Inglaterra 0 x 1 Estados Unidos - 1950

Se uma derrota dos ingleses para os americanos hoje já seria uma surpresa, em 1950 era totalmente inimaginável. A seleção dos Estados Unidos foi formada às pressas e só tinha um jogador profissional, os demais eram amadores e trabalhavam em diversos ramos.

Já o English Team chegou ao Brasil com toda banca de favorito.

Os americanos estavam com tanto medo de sofrer uma goleada histórica, que na véspera do jogo decidiram sair para espairecer e há quem diga que eles tomaram um belo porre.

Durante o jogo, o inimaginável ocorreu, os ingleses começaram atacando, mas paravam nas defesas de Frank Borghi. Para completar, aos 38 minutos do primeiro tempo, Joe Gaetjens, um imigrante haitiano, naturalizado americano e que trabalhava como lavador de pratos, saltou de peixinho e marcou o gol da seleção americana. A Inglaterra ainda teve muitas chances, porém o goleiro adversário pegou tudo e garantiu a vitória.

Quando o árbitro apitou o fim do jogo, centenas de brasileiros invadiram o gramando e carregaram Gaetjens nos braços.

O espanto foi tão grande que um jornalista inglês que cobria a Copa, enviou um telegrama onde afirmava que o placar tinha sido Inglaterra 0 x 1 EUA, mas seus colegas de redação acreditaram que tinha sido 10 x 1 para a seleção inglesa.

2- Itália 0 x 1 Coreia do Norte - 1966

Na Copa da Inglaterra, em 1966, ninguém tinha ouvido falar sobre o futebol dos norte-coreanos. Em um grupo com Itália, União Soviética e Coreia do Norte, parecia óbvio que os asiáticos seriam o saco de pancadas. Mas na última partida da primeira fase, a Azzurra deu um fiasco histórico e acabou perdendo por 1 x 0 para a Coreia do Norte, gol de Pak ao 42 do primeiro tempo.

Na volta para casa, a seleção italiana foi recebida no aeroporto com uma chuva de tomates podres.

3- Argentina 0 x 1 Camarões - 1990

Jogo de abertura de Copa do Mundo quase sempre é marcado por uma surpresa, porém poucos poderiam sonhar que a Argentina, do astro Maradona, fosse ser derrota pelos camaroneses. Até mesmo um empate, já seria considerado uma zebra. Mas, durante a partida, a seleção de Camarões foi se soltando e criando lances perigosos, até que em um deles Oman-Biyik subiu de cabeça e o goleiro Pumpido falhou ao tentar defender. A partida esquentou e dois africanos foram expulsos, mas, mesmo assim, a Argentina não conseguiu empatar e ainda viu o adversário criar várias chances para ampliar.

4- França 0 x 1 Senegal - 2002

Está certo que após o sucesso de Marrocos, Camarões e Nigéria, ninguém mais via os africanos como ingênuos, mas, na Copa de 2002, a França era favoritaça não só para a partida de estreia, mas também para conquistar o bicampeonato. Já Senegal fazia sua estreia em Mundiais e era visto como uma equipe que poderia brigar pela segunda vaga, mas sem chances de incomodar os franceses. Porém quando a bola começou a rolar, os senegaleses pouco se importaram com o favoritismo francês e conseguiram marcar logo na primeira etapa.

A França criou boas chances para empatar e Senegal para ampliar, mas o placar não mudou e mais uma zebra deu as caras em uma abertura de Copa.

5- Alemanha Oc. 1 x 2 Argélia - 1982

Com um elenco cheio de craques, como Rummenigue, Breitner, Schumacher, Littbarski e outros, a Alemanha Oc. entrou em campo certa de uma vitória fácil e provavelmente por goleada. Entretanto, a Argélia também tinha bons talentos individuais como Madjer e Belloumi, além de uma equipe bem treinada. A derrota foi um vexame para os alemães, mas não tão feio quanto o que eles e os austríacos fariam na última rodada desse grupo, quando combinaram o placar de 1 x 0 para a Alemanha Oc., pois dessa forma ambas se classificariam e a Argélia seria eliminada. A partida ficou conhecida como o jogo da vergonha da Copa de 1982

6- Alemanha Oc 0 x 1 Alemanha Or

Com muito mais bagagem no futebol, jogando em casa e ainda contando com nomes como o lendário Beckembauer, o estupendo goleiro Seep Maier, o artilheiro Muller, os craques Breitner, Overath, dentre outros, a Alemanha Oc. era favorita. Já a Alemanha Or. não tinha nenhum jogador de renome e havia apresentado até então, um futebol apenas mediano. Diante desse cenário, os anfitriões eram amplamente favoritos para vencer a partida, porém a zebra decidiu aparecer, e os visitantes conseguiram marcar aos 32 da etapa final, com Sparwasser.

O resultado foi tão impactante que o técnico da Alemanha Ocidental considerou como um desastre e temeu pelo futuro da equipe no restante da Copa.

7- Uruguai 1 x 3 Costa Rica - 2014

Quando o sorteio da Copa do Mundo de 2014 colocou em um mesmo três campeõse mundiais (Itália, Uruguai e Inglaterra) e mais a pequena Costa Rica, todos imaginaram como seriam os confrontos entre as 3 potências e se comoviam diante da falta de sorte dos costa-riquenhos que não teriam a menor chance.

Mas já na estreia contra o Uruguai, as coisas começaram a mudar. Os uruguaios abriram o placar, mas para espanto de todos, a Costa Rica marcou 3 gols na etapa final e caiu nas graças dos brasileiros.

8- Itália 0 x 1 Costa Rica - 2014

Após aprontarem uma grande surpresa na estreia, a Costa Rica voltou a surpreender a Itália e venceu por 1 x 0. Com a derrota, os italianos, que tinham vencido os ingleses na estreia, precisavam ao menos empatar com o Uruguai na última rodada, mas acabaram derrotados e foram para casa.

Já a Costa Rica ainda empatou com a Inglaterra e só foi eliminada nas quartas de final para a Holanda e nos pênaltis. Sem dúvida, uma grande façanha.

9- Brasil 1 x 3 Portugal - 1966

Após dois títulos mundiais consecutivos e ainda com Pelé e Garrincha no grupo, todos esperavam um show da Seleção Brasileira na Copa da Inglaterra, mas após vencer a Bulgária e perder para a Hungria, os brasileiros acabaram sendo amplamente dominados pelos portugueses que estreavam em uma Copa do Mundo [VIDEO]. O placar de 3 x 1 refletiu a superioridade de Portugal e o mau momento do Brasil, que acabou eliminado na primeira fase para espanto de todos. Nessa partida, Garrincha não jogou, mas Pelé sim e foi caçado em campo pelos defensores portugueses.

10- Cuba 2 x 1 Romênia - 1938

A seleção de Cuba só foi à Copa porque todos os seus adversários da Concacaf desistiram de participar das eliminatórias. O time era fraco e enfrentou uma seleção mais calejada, porém, com grande atuação do goleiro Benito Carvajales, que fez defesas monumentais e de seus atacantes, a equipe [VIDEO] cubana arrancou um empate em 3 x 3. O regulamento da época previa um jogo-desempate e para surpresa ainda maior, Cuba bateu a Romênia por 2 x 1 e se classificou para a fase seguinte.