Falta mais de um mês para o primeiro grande clássico do Espanhol nesta temporada. Real Madrid vai receber o Barcelona em um encontro que promete ser decisivo para os dois times [VIDEO]. Com margem folgada neste começo de campeonato, o Barcelona tem ainda mais razões para sorrir.

Quando faltam ainda algumas partidas para o grande dia, o departamento médico dá boas indicações sobre a recuperação de Ousmane Demelé, que poderia ser opção para o técnico Valverde para o El Clasico, já em dezembro.

Jogo decisivo em Madri

Dezembro traz o Natal e para os torcedores de Futebol, também uma das mais excitantes partidas de futebol. Para o time de Madri, esse jogo poderia ser mais importante, se bem que até o dia do jogo ainda muita coisa pode acontecer.

No entanto, com uma desvantagem de oito pontos para o líder Barcelona, o Real só poderia pensar em vencer para se aproximar do grande rival e ainda manter ambições de conquistar La Liga.

Porém, esse jogo significa mais ainda que esses três pontos. Eles são os grandes rivais no futebol e, com a situação política que se está vivendo na Catalunha, essa deslocação do Barcelona até Madri [VIDEO] é até bem mais que futebol e o jogo promete ser apaixonante.

Regresso de Dembele

Lesionado no Barcelona, desde a segunda rodada do campeonato, ainda em setembro, ​​o extremo francês Ousmane Dembele poderia retornar para o El Clásico, em dezembro. Ele foi o grande reforço do verão no Barça e chegou para fazer esquecer Neymar. No entanto, o sonho durou muito pouco e o jogador se lesionou com gravidade muito rápido e não foi ainda capaz de mostrar seu talento vestido com as cores blaugrana.

O jovem de 20 anos chegou aos gigantes catalães do Borussia Dortmund, mas pegou uma séria lesão no isquiotibial, em apenas sua segunda aparição no Espanhol, na partida contra o Getafe. Quando saíram os primeiros resultados dessa lesão, o Barcelona anunciou que o craque francês só deveria regressar aos gramados em 2018, mas as últimas informações são bem mais positivas para o time de Lionel Messi.

No Barcelona, eles não vão querer arriscar nada com a jovem pérola e só deveriam colocá-lo em jogo quando ficar completamente recuperado, após um período tão longo de ausência. Esse dia pode ser ainda em dezembro e o jogo com o Real Madrid poderia ser a grande meta para os responsáveis do Barcelona, que estão desejosos de terem o talentoso francês em campo.

O jogador francês mostrou seu talento no Borussia, em uma ascensão até o topo demasiada rápida. Ele estreou há dois anos, no dia 6 de novembro de 2015, no escalão principal. Tinha 18 anos e o sonho de fazer sucesso no Rennes, na França.

Depois disso, despertou o interesse do Dortmund e agora já está no Barcelona, onde acreditam que ele poderá se tornar em um dos melhores do mundo.

O Barcelona pagou 100 milhões de euros (R$ 379,2 milhões) pela jovem promessa do futebol francês.