Foram 35 rodadas de espera, mas o time do Corinthians pode finalmente soltar o grito de campeão. Jogando em casa, na Arena Corinthians, em Itaquera, o Timão bateu o Fluminense por 3 a 1, de virada, e garantiu seu sétimo título do Campeonato Brasileiro.

Com o estádio lotado, com 46 mil torcedores presentes, o Corinthians levou um balde de água fria logo no primeiro minuto de jogo, quando o zagueiro Henrique subiu mais alto do que a zaga para completar de cabeça no fundo das redes, abrindo o placar para o Flu.

Publicidade
Publicidade

O placar desfavorável obrigou o Timão a sair para o jogo, mas a equipe parou no sistema defensivo do adversário durante todo o decorrer do primeiro tempo.

Pressionado pelo placar e pela ansiedade na busca do título, o técnico corinthiano Fábio Carille mudou a equipe no interval, sacando Camacho para a entrada do meia Jadson. Com mais poderio ofensivo, o Corinthians voltou para o segundo tempo com vontade e igualou o placar logo no primeiro minute, quando Clayson serviu o artilheiro Jô, que cabeceou e deixou tudo igual em Itaquera.

Publicidade

Empolgado pelo empate, o Corinthians foi com tudo em busca da virada. Apenas dois minutos depois, aos três do segundo tempo, Clayson cruzou em direção ao gol. A bola tocou no travessão e sobrou para Jô cabecear mais uma vez e sacramentar a virada.

Com a vantagem, o Corinthians passou a mandar no jogo, e a torcida só aguardava o apito final para celebrar a festa do hepta. Mas tinha espaço para mais um.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

Aos 40, Jadson chutou firme com a perna direita e a bola morreu no fundo das redes do goleiro Diego Cavalieri.

Com a festa garantida, a torcida soltou sinalizadores, e o jogo chegou a ser interrompido por seis minutos. Com os ânimos um pouco mais controlados, foi só uma questão de aguardar alguns poucos minutos para soltar o grito e fazer. O Corinthians se sagrou campeão brasileiro de 2017, garantindo seu segundo troféu no ano (já havia vencido o Paulistão) e tornando-se o principal campeão brasileiro do século 21, com quatro títulos conquistados (2005, 2011, 2015 e 2017).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo