O Atlético Paranaense recebeu o Corinthians [VIDEO] na Arena da Baixada pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro [VIDEO]. Os visitantes saíram vencedores após Giovanni Augusto entrar durante o segundo tempo e marcar o gol que deu os 3 pontos para equipe alvinegra. Com o resultado os paulistas chegaram aos 65 pontos, abriram 8 de distância para o segundo colocado, Grêmio, além de conseguir mais uma vitória na reta final da competição e voltar a ganhar atuando fora de casa.

Seu último triunfo antes deste contra os paranaenses, atuando fora da Arena Corinthians, havia acontecido no dia 23 de agosto, contra a Chapecoense na Arena Condá; na ocasião ganhou por 1x0, gol de Jô aos 44 minutos da etapa final, pela 20ª rodada do Brasileirão.

Para este duelo, o time corintiano treinado por Fábio Carrile entrou em campo com Walter, Fagner, Balbuena, Pablo, Guilherme Arana, Camacho, Maycon, Romero, Rodriguinho, Clayson e Jô.

O Atlético PR veio ao gramado com Weverton, Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno, Fabrício, Pavez, Lucho González, Felipe Gedoz, Nikão, Lucas Fernandes e Ribamar; Técnico: Fabiano Soares

Os dois clubes adotaram posturas diferentes para disputar o confronto, o Atlético procurou manter mais a bola nos pés, trocando passes e fazendo inversões de jogo, buscando espaço para entrar na área alvinegra, já o Corinthians se defendeu e buscou os contra-ataques.

Lances do jogo

A primeira chance do duelo foi criada com 1 minuto por Guilherme Arana, arriscando de longe, a bola pingou e Weverton encaixou sem dificuldade; aos 4’ o furacão respondeu com cruzamento feito por Jonathan, Lucho González finalizou fraco de esquerda e o goleiro Walter defendeu.

O Paraguaio Romero teve uma oportunidade de abrir o placar aos 5’, pegando de primeira um cruzamento feito por Clayson pela lateral esquerda, porém pegou mal na bola e chutou para fora. Depois disso em cobrança de falta aos 12’ para o Atlético PR, o meia Felipe Gedoz cruzou para área e Fabrício chutou cruzado, a bola passou em frente à meta corintiana sem ninguém chegar para finalizar e saiu pela linha de fundo.

Uma das chances mais perigosas do primeiro tempo aconteceu com Romero, o atleta recebeu um lançamento dentro da área, dominou com o pé direito e cortou o zagueiro Thiago Heleno, na sequência tentou colocar a bola no ângulo esquerdo, de cobertura, mas o arqueiro do Atlético evitou se esticando para tirar, no rebote Rodriguinho chegou batendo forte para fora aos 16’.

O time paranaense também chegou com perigo real à meta de Walter aos 19’ em cobrança de falta de longa distância, Felipe Gedoz bateu com força, a bola passou por cima da barreira e acertou a trave. Com 31’ o jogador Nikão recebeu lançamento pelo lado esquerdo, tentou cruzar e a bola desviou no braço de Fagner, o juiz Wagner do Nascimento Magalhães marcou pênalti, na batida o próprio Nikão cobrou no meio do gol e Walter defendeu esticando a perna esquerda para evitar a alegria dos rubro-negros aos 32’.

Depois de fazer 14 cruzamentos para área corintiana e ter 58% de posse de bola no primeiro tempo, o time da casa continuou insistindo na etapa complementar, aos 9’ alçou mais uma bola na área, o goleiro Walter saiu mal e não conseguiu tirar, no bate rebate Fagner afastou definitivamente o perigo. Em seguida aos 11’ e depois aos 30’, o Atlético PR teve outras oportunidades de finalização, arriscando de longe e mandando para fora, a primeira foi com Lucho González e a segunda com Ribamar.

O Corinthians foi mortal na chance que teve aos 31’, Giovanni Augusto que entrou no lugar de Clayson aos 19’, marcou o gol após cruzamento fechado, na trajetória Rodriguinho não desviou a bola e Weverton não conseguiu defender; Os paranaenses tentaram pressionar, mas sem êxito, o jogo terminou com vitória dos paulistas aos 51’.

Substituições

  • Corinthians: saíram Clayson para entrar Giovanni Augusto, Maycon por Paulo Roberto, e Walter por Caíque França.
  • Atlético PR: saíram Lucas Fernandes para entrar Matheus Anjos, Felipe Gedoz por Douglas Coutinho e Nikão por Pablo.

Cartões amarelos

  • Visitantes: Maycon.
  • Casa: Thiago Heleno e Fabrício.