O Real Madrid ganhou, mas os problemas no time parecem longe de acabar. Assim que o árbitro deu a partida por terminada, ficou evidente que a crise ainda vai continuar. O Real ganhou por 3 a 0 ao Las Palmas, mas o rosto de #Cristiano Ronaldo não escondeu que o craque está passando um momento difícil no Espanhol. A verdade é que, decorridas 11 partidas, o Real está a oito pontos do líder Barcelona e Cristiano Ronaldo [VIDEO] tem apenas um gol marcado, muito longe de suas ambições, ele que sempre tenta disputar o prêmio de Pichichi, que reconhece o melhor marcador do campeonato.

De acordo com uma fonte ao Don Balón, quem olhasse o português, parecia que o Real, em vez de ter ganho o jogo, havia perdido os três pontos.

Ronaldo voltou a manifestar seu desagrado, após uma vitória branca em que ele não foi o protagonista. "Cristiano saiu do campo com o apito final sem uma palavra e a trote. Enquanto os jogadores do Real agradeceram o apoio da torcida, Ronaldo voltou a mostrar seu ego para se afastar de tudo. Uma atitude que irrita jogadores como Isco ou Marco Asensio, grandes protagonistas do encontro", ficou revelado no Don Balón.

Ainda de acordo com a publicação, o incômodo de Cristiano teve continuidade no vestiário onde ele não falou com ninguém. Ronaldo, que foi um dos primeiros a deixar o Santiago Bernabéu, começa a se isolar do grupo e está deixando #zidane cada vez mais cansado dos seus números antes, durante e após os jogos. Não espantou que na coletiva de imprensa, Zidane acabasse por descarregar um pouco sobre Cristiano e parece que eles estão cada vez mais desencontrados.

"Ronaldo não faz a diferença agora"

O comentário de Zidane, no final da partida, está desencadeando uma guerra civil com Cristiano Ronaldo [VIDEO] no Real Madrid. Parece que a paciência do treinador está se esgotando. "O enésimo show de CR7, que deixou o campo renegado como se Madrid tivesse perdido, também demonstra a falta de respeito do português aos seus companheiros de equipe cada vez mais furiosos com o ego de Ronaldo", revela o Don Balón.

Isso é uma realidade que não escapa mesmo do próprio Zidane, que não mediu suas palavras, quando foi questionado sobre o momento de Ronaldo. "Cristiano não faz a diferença agora", disse Zidane no final do encontro. A verdade é que está difícil o português fazer gols, e essa situação estaria deixando o jogador mais incomodado, e ele acaba por não festejar com seus colegas, no final da partida, como quando ele tinha um maior protagonismo.

Por outro lado, a dupla Isco e Marco Asensio não para de brilhar e eles estão deixando Ronaldo para trás. Eles se destacam no campo e também nos vestiários, se assumindo como os novos líderes do time. #Futebol