Continua a bagunça no Real Madrid, com a diretoria tentando reforçar o time. A temporada não está correndo como o desejado e o presidente Florentino Pérez [VIDEO]tenta corrigir alguns erros de planejamento e tornar sua equipe mais competitiva a partir de janeiro. No entanto, as coisas não parecem nada fáceis. De acordo com o site espanhol Don Balón, Pérez perdeu uma das contratações que ele mais desejava para reforçar a equipe treinada por Zinedine Zidane. O líder máximo do Madri recebeu um duro golpe.

Quando tudo parecia se alinhar para fechar a chegada de uma importante estrela para a equipe branca, que iria corrigir uma das falhas que vem se arrastando no grupo há muito tempo, tudo foi pelos ares.

Leonardo Bonucci, sua opção preferida para acompanhar Sergio Ramos no centro da defesa, após a saída do Pepe, não vai se mudar de Milão, aonde ele chegou desde a Juventus no início da época.

"Sabemos que sempre tem equipes interessadas nele, mas ele começou um projeto e queremos que ele continue conosco", disse o diretor Esportivo do Milan, Massimiliano Mirabelli, em um comunicado ao Premium Sport. Bonucci chegou ao Milan no início da temporada, depois de desencadear um terremoto em seu clube anterior, a Juventus.

Em princípio, ele fez isso para se tornar o líder de um projeto emocionante, mas as coisas não estão saindo como originalmente planejado. Embora ele seja atualmente o capitão da equipe milanesa e apesar das palavras de Mirabelli, a verdade é que, se tudo continuar dessa forma, as chances de ele permanecer na equipe rossoneri serão cada vez mais complicadas.

Nesse caso, tanto o Real Madrid quanto o Barcelona [VIDEO] estarão atentos, ele que é um dos melhores zagueiros do mundo.

O italiano foi até eleito o melhor da Uefa na última temporada. Juntamente com Chiellini, da Juventus e da seleção italiana, Bonnuci formou uma dupla temível e quase impenetrável durante as últimas temporadas.

Porém, ele quis sair da Juve, para surpresa de muitos. O time de Turim se ressente de sua ausência, e não vai tão bem como antes, mas o Milan não está melhor, e os resultados continuam sem convencer, apesar do investimento tão grande. O ex-meia italiano Gattuso assumiu, esta semana, a liderança do time e vai ser ele o novo treinador, tentando melhorar as coisas.

Entretanto, o Real Madrid está melhor. Não só eles ganharam seu jogo contra o Málaga (3 a 2), como ainda viram seus rivais da frente empatarem no Mestalha (1 a 1), o que permitiu que o Real reduzisse a distância para o Barcelona e para o Valência, que é o surpreendente segundo classificado do campeonato, a quatro pontos do líder Barça.

Mais atrás, seguem Real e Atlético de Madrid, a oito pontos da frente, um cenário mais favorável que o da semana passada, quando estavam a dez pontos do Barcelona.