O Fluminense conseguiu, na noite deste sábado, a sua primeira vitória de virada no #Campeonato Brasileiro. Jogando no Nilton Santos, o Tricolor das Laranjeiras, ainda amargando a ressaca pela eliminação na Copa Sul-Americana, dominou grande parte do jogo e derrotou o Botafogo por 2 a 1 no clássico carioca da 32ª rodada da competição nacional.

Com esse resultado, a equipe dirigida pelo técnico Abel Braga subiu para o 12º lugar com 42 pontos, distanciando-se da zona de rebaixamento para a Série B. Enquanto isso, o Alvinegro de General Severiano, diante do revés, permaneceu na 6ª posição e nos 48 pontos.

Na próxima quarta, às 21h (de Brasília), o Botafogo vai até a Ilha do Retiro, no Recife, para encarar o Sport.

No mesmo horário, só que na quinta, o Fluminense, no Maracanã, recebe o Coritiba.

Parecia que seria mais um dia negro para o Fluminense. Logo aos dois minutos, Renato Chaves bobeou na saída de bola e permitiu corte de Rodrigo Pimpão, que avançou livre pela esquerda antes servir Marcos Vinícius. Sem goleiro, o atacante apenas escorou para o fundo das redes. Em nova falha, dessa vez de Richard, Breno arriscou de longe e, por pouco, não ampliou para o Botafogo.

Aos poucos, o Flu foi tomando as ações e passou a criar oportunidades. Na melhor delas, Renato Chaves quase se redimiu. Após cruzamento de Gustavo Scarpa, o zagueiro apareceu livre, mas errou a cabeçada.

Veio a segunda etapa e, com uma marcação adiantada, o Fluminense esteve perto de igualar o confronto logo no primeiro minuto, quando Scarpa arriscou da entrada da área e carimbou o travessão.

A pressão tricolor continuou e, aos 16 minutos, foi recompensado. Depois de um chutão de Diego Cavalieri, Henrique Dourado ganhou da zaga do Botafogo [VIDEO] e serviu Marcos Júnior, que invadiu a área e, de canhota, fuzilou sem qualquer oportunidade de defesa para Gatito Fernandez.

A virada quase veio no lance seguinte. Em dia de garçom, Henrique Dourado tocou para Junior Sornoza. O equatoriano, porém, chegou atrasado e desperdiçou a oportunidade.

Vendo a sua equipe dominada, o técnico Jair Ventura sacou Rodrigo Pimpão e investiu na entrada de Guilherme. A aposta, no entanto, não surtiu efeito e Cavalieri permaneceu sendo um "espectador de luxo" da partida. Enquanto isso, o Fluminense, mesmo atuando fora de casa, continuando buscando o gol e acabou sendo premiado aos 42 minutos, quando Gustavo Scarpa avançou pela direita e tocou para Matheus Alessandro, que havia substituído Richard. O atacante, revelado em Xerém, entrou com velocidade na área e, de pé direito, chutou para estufar as redes.

O Botafogo até tentou uma pressão nos últimos minutos, mas o Fluminense [VIDEO] segurou o importante resultado e praticamente sacramentou a sua manutenção na elite do Brasileirão. #Botafogo X Fluminense #PaixãoPorFutebol