Ainda tentando se recompor da eliminação na Copa Sul-Americana, o Fluminense encerrou, na tarde desta sexta-feira (3), a preparação para o clássico de sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, diante do Botafogo, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A novidade ficou por conta de Marquinhos. Afastado há um longo período devido a uma intervenção cirúrgica, o experiente meia já vem trabalhando desde o último mês de outubro e tem chances de fazer parte dos relacionados para o final de semana.

O treino foi dividido em três partes. Inicialmente, durante pouco mais de uma hora, o técnico Abel Braga dirigiu uma atividade tática de 11 contra 11 no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca.

A todo o momento, o comandante orientou posicionamento e movimentação dos jogadores, tendo ou não posse de bola.

Logo em seguida, em espaço reduzido, o grupo foi dividido em cinco equipes para um trabalho de dois toques. Para complementar o dia, Henrique Dourado, Gustavo Scarpa e Junior Sornoza deram atenção às cobranças de pênaltis, enquanto Pedro, Luquinhas, Matheus Alessandro, Romarinho, Marquinhos e Peu trabalharam finalizações a gol.

A escalação segue um mistério. Uma das dúvidas de Abel está no setor defensivo. Sem poder contar com Reginaldo, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o treinador não sabe se mantém Renato Chaves, autor de dois gols no empate de 3 a 3 com o Flamengo pela Sul-Americana, ou se promove o retorno de Gum. Além disso, Henrique, recuperado de um estiramento muscular na coxa direita, pode ganhar uma oportunidade.

Outro problema é saber se Marcos Junior, que, no meio de semana, queixou-se de um incômodo muscular, sofreu qualquer lesão. Caso não tenha condições de jogo, Romarinho, Wellington Silva e Matheus Alessandro surgem como opções. Existe também a alternativa de Gustavo Scarpa ser adiantado e Wendel entrar no time

Com todas essas indefinições [VIDEO], o provável Fluminense [VIDEO] para mais um "Clássico Vovô" é Diego Cavalieri, Lucas, Gum (Renato Chaves), Henrique e Marlon; Richard, Douglas e Junior Sornoza, Gustavo Scarpa, Wellington Silva (Romarinho ou Matheus Alessandro ou Wendel) e Henrique Dourado.

Somando 38 pontos e na 14ª posição, o Fluminense [VIDEO] precisa vencer o Botafogo para se afastar ainda mais da região da zona de rebaixamento . Em 2017, ambos se enfrentaram três vezes e a vantagem é Alvinegra com duas vitórias contra uma do Tricolor.