O Tricolor gaúcho recebeu, na Arena do Grêmio [VIDEO], o Barcelona de Guayaquil pela semifinais da Copa Libertadores da América [VIDEO]. O time equatoriano venceu o jogo por 1 a 0, mas não foi suficiente para se classificar, pois, no primeiro confronto entre as duas equipe, os brasileiros abriram uma vantagem de três gols ao ganhar por 3 a 0.

A partida foi equilibrada e começou com uma chance de Arthur aos 15 minutos do primeiro tempo para o #Grêmio, chutando rasteiro à direita do gol de Banguera. Depois, com Luan, aos 19 min, pegando um chute de primeira da entrada da área, a bola passou perto da trave. O gol do jogo aconteceu com Jonatan Álvez, depois de o atacante aproveitar o cruzamento feito por Marcos Caicedo, que havia deixado Edilson e Geromel para trás e depois Arthur no chão, antes de passar a bola para que sua equipe marcasse aos 32 min.

Cícero, jogador que veio do São Paulo para atuar pelo Grêmio perdeu uma chance claríssima de gol aos 35 min. Fernandinho disparou pela lateral esquerda e cruzou a bola na medida para o atleta completar de cabeça sem marcação e sair comemorando. Porém, ele perdeu o gol mandando para fora à esquerda da meta do Barcelona. Aos 47 min, o Juiz chileno Roberto Tobar encerrou a primeira etapa.

No segundo tempo, aos 9 min, a torcida gremista tomou um susto com a finalização do Barcelona. Esterilla chutou a bola na trave de Marcelo Grohe. O atacante girou em cima da marcação de Bruno Cortez e finalizou forte no canto direito, mas a bola explodiu no poste antes de sair pela linha de fundo. O Tricolor voltou a ter outra chance clara com Cícero aos 22 min. Ele saiu frente a frente com o goleiro e chutou no meio do gol, fraco, em cima do arqueiro rival.

Com 28 min, um lance incrível aconteceu. A bola cruzada da direita por Edílson para o meio da pequena área equatoriana não entrou por detalhe. Em outro momento gremista, Jael, que entrou em campo no lugar de Cícero, colocou uma bola na trave de cabeça, aproveitando cruzamento da esquerda de Cortez aos 32 min. A partida terminou mesmo em 1 a 0, e vaga à final conquistada pela equipe do técnico Renato Gaúcho.

Última final

Com o resultado, o Grêmio se classifica para disputar uma final de #Libertadores depois de dez anos. A última ocasião foi contra o Boca Juniors em 2007. O time perdeu o título com grande atuação de Riquelme dentro do Estádio Olímpico. A primeira partida da decisão foi 3 a 0 para o Boca, em La Bombonera, com gols de Palácio, Riquelme e Ledesma. No Brasil, 2ª 0 para os xeneizes, novamente com destaque para Riquelme com dois gols, o primeiro um golaço de fora da área.

Agora o Grêmio terá pela frente outro clube argentino, o Lanús. Seu adversário é um estreante em decisão de Libertadores e chega à final após vencer o River Plate, de virada, por 4 a 2. A primeiro partida da decisão será na Arena do Grêmio, dia 22 de novembro, às 21h45. A segunda ocorrerá em La Fortaleza, Estádio Ciudad de Lanús, às 21h45, no dia 29. #Futebol Internacional