O Palmeiras [VIDEO] já prepara o seu ano de 2018. Depois de passar em branco em 2017, o clube pretende fechar negócios pontuais e mandar alguns jogadores embora, limpando assim o elenco e conseguindo se fortalecer.

Eliminado do Campeonato Paulista pela Ponte Preta, da Copa do Brasil pelo Cruzeiro e da Copa Libertadores da América pelo Barcelona do Equador [VIDEO], o Verdão tinha o Brasileiro como a última alternativa para levantar uma taça. As derrotas para Corinthians em Itaquera e Vitória em Salvador ceifaram qualquer chance de taça, deixando a torcida palmeirense bastante irritada.

No dia em que o Palmeiras encarou o Flamengo em casa, torcedores organizados foram até a porta do Centro de Treinamento protestar.

A diretoria do clube acusou alguns organizados de terem quebrado vidro do ônibus. Estilhaços atingiram o atacante Keno e outro membro da delegação. No dia seguinte, o Palmeiras emitiu nota cortando qualquer tipo de relação com essas organizações.

O ano termina com o clima quente tanto interno quanto externamente. O planejamento já acontece e o Verdão já tem dois reforço confirmados: o lateral Diogo Barbosa, que veio do Cruzeiro, e o zagueiro Emerson Santos, que veio do Botafogo-RJ. O novo técnico também já está confirmado: é Roger Machado, ex-Grêmio e Atlético Mineiro. Machado participará ativamente da contratação de novos jogadores e será a peça-chave do planejamento.

Zagueiro do Corinthians oferecido

A diretoria do Corinthians confirmou que o zagueiro Pablo não segue mais no Parque São Jorge.

O jogador pertence ao Bordeaux, da França, que pediu valor alto para liberar o atleta em definitivo. A direção alvinegra divulgou neste sábado a desistência do negócio.

O jornalista Benjamin Back confirmou a procura de empresários pelo Palmeiras e Pablo foi oferecido. Pouco tempo depois o portal Globo Esporte foi atrás e confirmou a informação do jornalista do canal de TV Fox Sports.

De acordo com a nota da Globo, Alexandre Mattos conversou com o diretor de Futebol do Corinthians e disse que não iniciaria conversas 'por respeito' ao clube. Informações de bastidores apontam que o Palmeiras quer sim conversar para ter o zagueiro. Juninho e Luan não agradaram e podem ser emprestados para outros clubes no começo do próximo ano.

O setor defensivo, aliás, foi alvo de muitas críticas da torcida durante o ano. A venda de Vitor Hugo e a contusão de Yerry Mina praticamente minaram a boa fase do setor.