O Palmeiras encara o Avaí nesta segunda-feira pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Alberto Valentim, que comanda o time interinamente, tem a chance e a oportunidade de mostrar ainda mais seu valor e comprovar que pode seguir no comando do time no próximo ano.

A permanência de Valentim no cargo não é unanimidade no Palmeiras. Parte dos conselheiros entende que ele não tem perfil para comandar um time com muitos atletas de nome.

Outra parte acredita que ele pode, sim, comandar e ter sucesso. A ala mais conservadora ainda entende que o clube economizará milhões de salário. Se trazer Abel Braga, do Fluminense, por exemplo, o Verdão terá que desembolsar cerca de R$ 800 mil mensais. Valentim não ganha mais que R$ 150 mil.

Já pensando em 2018, a diretoria já está de olho em alguns reforços. O lateral Diogo Barbosa, do Cruzeiro, já foi anunciado pelo clube paulista.

Com a chegada do jogador a ideia é resolver o grave problema na lateral. Egídio, que perdeu o último pênalti contra o Barcelona do Equador no Allianz Parque, não deve seguir em Palestra Itália. Deve ser envolvido em alguma troca e transformar em parte de pagamento para a chegada de algum outro reforço específico.

Muito dinheiro

Já não é segredo que o Palmeiras está conversando intensamente com o meia Lucas Lima, do Santos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

O jogador já pode assinar com qualquer clube e já admitiu que não segue na Vila Belmiro na próxima temporada. Lima quer alçar voos maiores e tentar uma vaga na seleção de Tite, que disputará a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

O empresário do meia recebeu sondagem da Inter de Milão, que ofereceu R$ 1 milhão por mês. O valor alto, no entanto, não atraiu a atenção do jogador de 27 anos. Ele tem medo de acontecer a mesma coisa que aconteceu com Gabigol.

Não conseguiu se adaptar, passou por problemas e hoje amarga a reserva e sem qualquer tipo de perspectiva.

Alexandre Mattos, executivo de Futebol do Palmeiras, já conversou com o empresário, que é pai de Neymar, e colocou os valores na mesa. Em cinco anos de contrato, Lucas Lima receberá quase R$ 60 milhões. Na assinatura do contrato, levará R$ 11,5 milhões livres de qualquer imposto. Esse valor é para mantê-lo motivado e o Palmeiras conseguir vendê-lo quando for possível por valor ainda maior.

Lucas Lima ouviu de Mattos que o Palmeiras montará um verdadeiro esquadrão, com grandes reforços e vai disputar a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes para vencer. Esse ponto também agradou o jogador, que estava sem visão de futuro no clube da Baixada Santista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo