O tradicional festival de Macau de velocidade foi marcado por uma grande tragédia neste sábado. O piloto britânico Daniel Hegarty, de 31 anos, morreu após [VIDEO] um grave acidente [VIDEO] quando sua moto chocou-se contra uma barreira de proteção em uma curva, conhecida como Curva dos Pescadores, trecho mais rápido da pista. O impacto da batida foi tão violento que a moto e o capacete do motociclista ficaram destruídos. Ainda com vida, ele foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Por conta disso, a prova foi encerrada.

O acidente aconteceu na sexta volta da corrida (veja o vídeo abaixo), quando o piloto da Topgun Honda perdeu o controle da moto, que escapou de traseira.

Na tentativa de corrigir a trajetória do veículo, ele acabou sendo catapultado contra a barreira de proteção, provocando graves ferimentos no piloto. “É com grande pesar que a Comissão Organizadora do Grande Prémio de Macau informa que o corredor britânico sucumbiu aos ferimentos quando seguia na ambulância a caminho do Hospital Conde S. Januário”, disse o comunicado emitido pela organização após a morte do piloto.

Esta era a segunda vez que Daniel disputava o Grande Prêmio do Macau. Sua primeira aparição na prova foi em 2016, quando completou a prova na 16ª posição. Desde 2011 ele também competia em provas de Supersport e Superbike, além de ser piloto regular da Ele era um piloto na Ilha da Man TT.

Por conta do acidente e do falecimento do piloto, a organização decidiu dar a prova como encerrada e a vitória ficou com Glenn Irwin, que era o líder da prova no momento em que ocorreu a batida.

Os melhores vídeos do dia

Segunda morte na mesma curva

Esta é a segunda morte ocorrida neste trecho da pista do Macau conhecido como Curva dos Pescadores. Há praticamente cinco anos, no dia 14 de novembro de 2012, o piloto português Luis Carreira, de 35 anos, morreu durante o treino classificatório para a prova de motovelocidade. Ele perdeu o controle e bateu e logo em seguida sua moto pegou fogo. Ele foi atendido na pista, mas não resistiu aos ferimentos.

Engavetamento

Além da prova de Motociclismo, o Grande Prêmio de Macau, disputado desde 1954, conta com provas em outras categorias, como carros de turismo. Na prova válida pela Copa do Mundo FIA GT, um engavetamento logo na primeira volta envolveu nada mais que 12 carros, dentre eles o brasileiro Lucas Di Grassi.

Em uma das curvas mais apertadas do Circuito da Guia, o espanhol Daniel Juncadella rodou e ficou atravessado no meio da pista, e os que vinham atrás não conseguiram desviar, provocando um grande engavetamento e obrigando a organização a acionar a bandeira vermelha.