O Palmeiras segue forte no planejamento para 2018. Nesta quinta-feira (30), o Verdão anunciou de forma oficial a chegada do meia Lucas Lima, ex-Santos. As conversas já estavam rolando há muito tempo. Por questão de respeito ao time da praia, o Palmeiras decidiu não anunciar antes. Agora no Verdão, o meio campista já está até desbloqueando torcedores do Palmeiras em suas redes sociais.

Na história recente, Palmeiras e Santos apimentaram mais ainda a rivalidade que já existia. Em 2015, o Santos foi Campeão Paulista em cima do Palmeiras, nos pênaltis. Meses depois foi a vez de o Alviverde dar o troco: foi Campeão da Copa do Brasil também nos pênaltis.

O jogo marcou a boa fase do então jogador do Verdão Matheus Salles, que marcou Lucas Lima com bastante competência. Os palmeirenses não perdoaram e brincaram com o fato na internet.

Mais um saiu

O Palmeiras anunciou nesta semana que o lateral-esquerdo Egídio fechou com o Cruzeiro. O atleta teve problemas pessoais no Alviverde, xingou torcedor no aeroporto e ficou com péssimo clima. Não teria mais oportunidade no time titular também, já que Diogo Barbosa foi contratado.

A lista de dispensas segue sendo executada pelos palmeirenses. Nesta quinta-feira, mais um atleta deve se despedir do elenco: o volante Arouca está em Belo Horizonte (MG) fazendo exames médicos e vai assinar contrato com o Atlético Mineiro por empréstimo. Os valores da negociação não foram informados, mas o time mineiro não deve desembolsar nada, apenas os salários.

Arouca já trabalhou com o técnico Oswaldo de Oliveira no Santos e tem a chance de retomar seu Futebol. O jogador passou por duas cirurgias complicadas e pouco jogou em 2017. Ou melhor, jogou apenas cinco minutos.

Para o Palmeiras, foi um bom negócio. O clube alviverde [VIDEO] pode analisar o crescimento e recuperação total do jogador em outra equipe. Se estiver melhor, volta no final do ano. E O Verdão não terá mais custos com salários.

Fica, Valentim!

O técnico Roger Machado já foi apresentado. Antes teve conversas com o presidente do Verdão., Maurício Galiotte, e o executivo de futebol do clube, Alexandre Mattos. O principal teor foi tentar a manutenção de Alberto Valentim, atual treinador interino. Machado quer manter Valentim na comissão técnica, mas não sabe se conseguirá convencer o profissional.

O Sport fez proposta para ter o técnico em 2018 e tudo vai depender se o time pernambucano fica ou não na Série A. Se permanecer na elite do futebol, Valentim deve assinar vínculo por dois anos.