Lionel Messi está se sentindo mais superior do que nunca e confiante em conseguir seus objetivos, que essa temporada, mudaram drasticamente. O astro argentino arrancou de uma forma brutal, mas está dando uma relaxada agora, quando as coisas parecem estar correndo pelo melhor.

Por isso, o jogador nem está preocupado com os gols de Cristiano Ronaldo na Champions League e pouco se importou por começar no banco. Seus planos [VIDEO] são bem mais que isso.

Aos 30 anos, o jogador parece mais feliz que nunca no campo. Ele vibra com os gols de seus colegas como se fossem seus e continua amando ganhar com o seu Barça. No entanto, essa temporada, ele quer mais que isso.

Messi no banco

Por isso, ele respondeu do banco para os dois gols de Ronaldo contra o Apoel de Nicósia. Um dia depois da goleada do Real no time de Chipre, com o regresso de Ronaldo aos gols, Messi pediu a Valverde para ficar no banco contra a Juventus, o que agradou muito para o treinador, que tem um jogo muito importante no final de semana.

O Barça joga no Valência, o vice-líder do Espanhol. O Valência está somente a quatro pontos do Barça no campeonato e aparece como seu maior rival nesta temporada. O time está jogando muito bem e fazendo muitos gols. Por isso, a deslocação do Barça promete ser bem difícil para o time de Messi.

Contra a Juventus, Valverde conseguiu fazer descansar Messi e Jordi Alba, e ainda tirou Iniesta no início do segundo tempo. Apesar disso, o time pegou um empate a zero gols de Turim, que vale a passagem para a próxima fase da Champions, no primeiro lugar do grupo.

A Juventus tem ainda que confirmar sua passagem, que vai disputar contra o Olympiakos, mas é o Sporting que ainda tem chances de se qualificar. Para isso, os portugueses precisam ganhar no Camp Nou.

Descansar agora para chegar bem na Rússia

Quanto a Messi, [VIDEO] ele aceitou de boa cara ficar no banco, mas não seria para se poupar para o Valência. O craque sente que tem meia La Liga no bolso (dez pontos de vantagem sobre atlético e Real Madrid), que a Champions está bem encaminhada e que a Copa ainda nem começou para ele, mas seu desafio este ano é maior que tudo isso e ele não se importa com a permanência no banco, se isso o deixa mais próximo do objetivo.

Messi - e no vestiário todos sabem disso - tem um plano definitivo para calar todas as bocas, eliminar Cristiano Ronaldo e se coroar como o melhor da história: conquistar a Copa do mundo. De acordo com o site espanhol Don Balón, Leo Messi está trabalhando com sua mente na Rússia. O argentino quer ganhar a Liga, Champions e Copa com a Argentina, mas coloca o título com a seleção em um patamar mais alto ainda.

É como uma prioridade única, que todos em Barcelona estão respeitando. Leo sabe que para continuar a competir com CR7, os títulos de Champions, Ligas, Bolas de Ouro, gols, já não chegam. O camisa 10 quer acabar com o debate, que terminaria quando ele levantar a Copa do Mundo na Rússia.