O Palmeiras enfrenta o Botafogo-RJ na próxima segunda-feira (27) pelo Campeonato Brasileiro. Ironicamente, o Verdão entrará em campo sob comando de Alberto Valentim, que já não é mais técnico de fato. Em seu site oficial, o Palmeiras confirmou a contratação do técnico Roger Machado, ex-Atlético Mineiro e com passagem pelo Grêmio.

Valentim fará seu papel mesmo sem grande motivação. O ex-auxiliar palmeirense conversa com o Sport para comandar a equipe em 2018, mas ainda não tem nada acertado. Valentim recebeu proposta palmeirense para retornar para a posição de auxiliar, mas não aceitou. Quer ser técnico de algum clube da Série A.

Publicidade
Publicidade

Escolha do treinador foi rápida

Dos males o menor: o Palmeiras foi rápido na escolha do seu novo treinador. Ainda no mês de novembro o clube já concluiu o negócio e confirmou Roger para o comando técnico. O primeiro nome da fila era Abel Braga, atual técnico do Fluminense. Abelão, como é carinhosamente chamado, disse para Alexandre Mattos que, por respeito ao time carioca, iria esperar terminar o Campeonato Brasileiro para conversar sobre a renovação do vínculo.

Publicidade

Mattos não quis esperar e encerrou a conversa.

Machado terá a oportunidade de dar continuidade ao planejamento do time para 2018. Alguns nomes já foram confirmados. O lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Cruzeiro, e o zagueiro Emerson Santos, do Botafogo-RJ, são dois atletas que já confirmaram seus vínculos com o Alviverde. Serão apresentados assim que o Nacional acabar.

Jogador da Europa na mira

De acordo com o jornalista Oswaldo Paschoal.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

do canal de TV Fox Sports, o Palmeiras já iniciou conversas com o lateral-direito Rafinha, do Bayern de Munique (Alemanha). O contrato dele termina no meio do ano que vem e ele já teria dito para pessoas próximas que deseja voltar ao Brasil. O Flamengo também seria uma das opções, mas não tem a mesma capacidade financeira do Palmeiras no momento.

Rafinha teria pedido três anos de contrato e salários em torno de R$ 700 mil sem impostos.

O valor é considerado alto para o Alviverde, mas pode ser repensado por se tratar de um reforço que atuou no Futebol europeu e tem experiência com grandes jogos. Chegaria para ser titular, assim como Diogo Barbosa. O ex-cruzeirense chega para ocupar o lugar de Egídio e não terá a sombra de Zé Roberto (se aposentará após o último jogo do Palmeiras no Brasileiro).

Alexandre Mattos, executivo de futebol, conversará com o novo técnico para acertar uma lista de reforços.

Publicidade

Algumas dispensas também já estão programadas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo