O Palmeiras enfrenta o Botafogo-RJ logo mais pelo Campeonato Brasileiro. O jogo é válido pela penúltima rodada do campeonato e não vale mais nada em termos de título. Para o Verdão vale a busca pelo vice-campeonato, brigando contra Santos e Grêmio.

Apesar de ter duas rodadas faltantes, o ritmo é de férias. O clube já se antecipou e fechou a contratação de dois atletas: Diogo Barbosa, lateral esquerdo que estava no Cruzeiro, e Emerson Santos, do Botafogo-RJ.

Publicidade
Publicidade

Por enquanto são apenas esses dois nomes confirmados de forma oficial.

Outro nome que é muito especulado internamente é o do meia Lucas Lima, do Santos. Afastado do time praiano, o jogador já pode assinar contrato com qualquer clube. Os empresários do jogador aguardam propostas do exterior e principalmente do Futebol chinês. Se ficar no Brasil, Lucas Lima deve defender o alviverde de São Paulo. Já foram oferecidos R$ 11,5 milhões adiantados e salário de R$ 750 mil.

Publicidade

Reforço mais distante

O ano de 2017 ficou marcado por um grande problema no clube: a lateral. Egídio foi muito criticado e não veste mais a camisa do Verdão. Mayke até que foi bem, mas não o bastante. Jean caiu drasticamente de produção e foi até remanejado para o meio-campo.

A chegada de Diogo Barbosa resolve uma parte do problema. A outra parte seria solucionada com Rafinha, do Bayern de Munique. O jogador teve seu nome especulado no Verdão, mas as conversas não evoluíram.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

De acordo com o site Fox Sports, Rafinha recebe nova proposta para permanecer na Baviera. Mais dinheiro de luvas e mais dinheiro por mês. Só virá para o Brasil se realmente quiser. Caso contrário é bem provável que permaneça na Alemanha e no grandioso futebol europeu.

O Flamengo também conversou com empresários do jogador, assim como o São Paulo. Ambos os clubes se assustaram com o valor pedido e não se tornaram um problema para o Palmeiras na disputa pelo atleta. O Verdão hoje é o clube mais bem organizado financeiramente e não vê problemas em investir valores mais altos em atletas de renome.

Novo técnico é quem vai decidir

Seraphin Del Grande, presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, sugeriu para Maurício Galiotte, presidente do clube, que só reiniciasse as conversas com novos reforços quando o novo técnico fosse definido.

A estratégia do Verdão é evitar reclamações do tipo "não fui eu que montei essa equipe". Roger Machado, ex-Grêmio e Atlético Mineiro, é o novo técnico e na próxima semana já deve escolher os reforços.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo