O ano [VIDEO] de 2017 é para ser esquecido no #Palmeiras. Depois de iniciar a temporada como a grande sensação do Brasil, o Verdão chega em dezembro sob protestos da torcida e muita críticas.

Nesta segunda-feira, no estádio da Ressacada, em Santa Catarina, o Palmeiras perdeu para o Avaí pelo placar de 2 a 1. O time catarinense abriu dois gols no placar, mas Keno diminuiu. O técnico Alberto Valentim tentou fazer algumas alterações e foi muito criticado por colocar Alejandro Guerra restando apenas cinco minutos para o término do jogo.

Desde que Cuca foi demitido, Valentim comandou o Palmeiras em nove compromissos: conseguiu cinco triunfos, um empate e três derrotas.

As derrotas de Valentim definiram o Campeão Brasileiro e também qual destino o clube alviverde tomaria na competição. As derrotas para Corinthians, Vitória e Avaí foram um verdadeiro banho de água fria no treinador e na torcida, que esperava algo melhor.

A linha defensiva alta, modo de armar o time de Valentim, foi bastante [VIDEO]criticada também. O Palmeiras tem tomado alguns gols por falha da defesa e o treinador é culpado por não fazer as devidas cobranças.

Novo técnico

O desempenho de Valentim tem causado nervosismo na diretoria. Com erros e falhas, o atual interino não deve continuar no comando técnico do profissional. Deve voltar a ser auxiliar. E, pelo visto, deverá ser auxiliar de Abel Braga, atual técnico do Fluminense.

Abel tem contrato até final de 2018 com o time carioca, mas já admitiu que não deve continuar.

Após a vitória diante da Ponte Preta e o risco de rebaixamento devidamente afastado, o técnico garantiu que terá uma conversa com o presidente do Flu, Pedro Abad, para tratar sobre a permanência. No entanto Abel quer a garantia do presidente de que não passará apuros por reforços. Não terá essa garantia e deverá desistir de seguir por lá.

Se encerrar o contrato, Abel terá que devolver R$ 700 mil para o time carioca, valor considerado alto e que poderia acertar algumas contas em atraso. Para 2018, o Fluminense pode buscar um técnico mais caseiro e novato com salários menores, proporcionando mais retorno com menos investimento.

Já o Palmeiras busca um técnico experiente para lidar com elenco numeroso e com diversos nomes importantes. O clube negocia com Lucas Lima, do Santos, já fechou com Diogo Barbosa, do Cruzeiro e também com Emerson Santos, zagueiro do Botafogo-RJ. Pelo menos mais quatro reforços devem chegar. #Futebol #Mercado da bola