O Palmeiras vem finalizando a sua temporada, agora com chances mínimas de título, até porque perdeu na última rodada do Campeonato Brasileiro para o líder Corinthians e a vantagem do alvinegro de Itaquera subiu de seis para oito pontos, por isso que agora o clube visa reforçar a equipe e se classificar para a Copa Libertadores da América do ano que vem.

Com vista em reforçar o clube para a temporada 2018, um dos objetivos da diretoria do Palmeiras, até então, era negociar o atacante Miguel borja, que por sinal foi o maior investimento do clube para a temporada, custou cerca de R$ 35 milhões por 70% dos direitos econômicos do jogador, mas com a recuperação da boa fase, a diretoria palmeirense deve tentar segurar o centroavante.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Palmeiras

Proposta de grande clube

Já chegaram na diretoria do Palmeiras cerca de três propostas para comprar o jogador e tê-lo no ano de 2018, uma delas é de seu ex-clube, o Atlético Nacional, e os outros foram um outro clube da Colômbia e um do leste europeu, após a partida contra o Cruzeiro, em que aconteceu um empate de 2 a 2, o centroavante Miguel Borja marcou os dois gols e parece que com o técnico Alberto Valentim, a boa fase foi recuperada.

A diretoria do Palmeiras deve analisar agora o desempenho do atacante Miguel Borja, que voltou a ser convocado para a seleção colombiana e provavelmente será o centroavante da Colômbia na Copa do Mundo da Rússia em 2018, e o atacante volta a ser titular do alviverde da capital e a marcar gols também.

Borja acabou perdendo um pouco de espaço com Eduardo Baptista, quando o mesmo estava fazendo muitos gols, e com a volta do treinador Cuca, o camisa nove se firmou de vez no banco de reservas da equipe alviverde da capital [VIDEO], e agora o treinador interino Alberto Valentim, que busca uma efetivação ao cargo, resolveu dar uma grande chance ao atacante para se refirmar na titularidade.

Miguel Borja deseja continuar no Palmeiras para disputar a Copa Libertadores da América do ano que vem, até porque o jogador deseja o bi-campeonato desta competição, pois já foi protagonista do título pelo seu antigo clube, o Atlético Nacional, agora em 2018 o mesmo deseja fazer uma boa campanha para, quem sabe, ter propostas da Europa para a temporada 2019, já que o jogador tem apenas 24 anos e é considerado bem jovem.

O Palmeiras deve manter o centroavante e o jogador deve jogar bem para o clube já que o clube paulistano [VIDEO] tem mais vitrine para times do exterior, que é o desejo de qualquer jogador.