Cristiano Ronaldo assumiu que não quer continuar no Real Madrid. Ele fez isso quando recusou a nova proposta para um novo contrato com o time branco. Ele tem ainda contrato para cumprir, mas poderia ter aumentado significativamente seu salário, o que ele recusou.

Essa recusa pressupõe que possivelmente ele não vai levar seu contrato até o final. Quase com 33 anos, o jogador declarou [VIDEO] que não quer terminar sua carreira no Real, e agora vão aparecer pretendentes, acreditando que o time espanhol possa facilitar sua saída, por um valor menor de sua cláusula ou, quem sabe, com alguns jogadores na troca.

Qatar e China [VIDEO] vão se chegando à frente com as maiores propostas, mas tudo indica que o jogador não quer que sua carreira vá por aí, por causa das distâncias e também das diferenças de língua e cultura.

Caso diferente poderia ser o dos Estados Unidos da América, onde o jogador é desejado para relançar novamente a MLS, um campeonato que vai recebendo vários astros, mas que ainda não tem uma expressão tão significativa.

As pessoas continuam preferindo o basquete, por exemplo, uma situação que Ronaldo poderia mudar, desejavelmente. Na Europa, o caso seria mais complexo e muito dependente dos valores que o Real estaria disposto para negociar. São poucos os times que teriam disposição financeira para contratar um astro como Ronaldo, mas com quase 33 anos. Times como Chelsea, Manchester United ou PSG teriam o dinheiro, mas poderiam não concretizar o interesse.

PSG revela intenções

Porém, o PSG vai se chegando à frente, e os franceses já demonstraram que têm dinheiro e já são um dos times mais fortes da Europa.

Se eles já estavam em crescendo, com as chegadas de Neymar (222 milhões de euros, R$ 856,3 milhões) e Mbappé (180 milhões, R$ 694,3 milhões), eles ficaram ainda mais fortes. Na Liga dos Campeões, eles estão imbatíveis.

Leo Messi disse, nessa sexta-feira (24), que PSG e Manchester City parecem os times mais em forma na Europa, mas se os franceses não ganharem a Champions já este ano, eles poderiam mesmo avançar por Cristiano Ronaldo, um especialista na competição.

Isso são boas notícias para Cristiano Ronaldo. O português continua com sua luta particular para deixar o Real Madrid no final da temporada. Ele quer mesmo se mudar para outro grande europeu, e a ideia de viver em uma cidade encantadora como Paris seria um fator na sua escolha e de sua família. Até agora, o português não recebeu ofertas, mas parece que o PSG está pronto para dar um passo à frente.

A equipe francesa é a única que está disposta a tentar sua assinatura, mas não a qualquer preço. Para começar, eles não planejam pagar mais de 100 milhões de euros (R$ 358,7 milhões) pelo português.

Para isso, o clube parisiense está disposto a incluir dois jogadores na operação, mas nenhuma das suas maiores estrelas naturalmente.

O primeiro seria Rabiot, pelo qual o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, já se interessou em mais de uma ocasião.

O segundo seria Meunier, que o técnico Zidane queria assinar no verão passado. Com a inclusão destes dois jogadores, o PSG tentaria reduzir consideravelmente o preço da transferência, até porque eles não podem fazer uma grande despesa, pelo cumprimento do fair play financeiro.