Quinta-feira, dia 30 de novembro de 2017. Feriado em Porto Alegre. Não, este não é um decreto do prefeito da cidade, Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Quem "decretou" feriado na capital do Rio Grande do Sul foi Renato Portaluppi, treinador campeão da Copa Libertadores com o Grêmio, nesta quarta, após vencer o Lanús, da Argentina, fora de casa, por 2 a 1. [VIDEO]

“Desculpa, prefeito. Sei que o senhor é uma autoridade, mas eu, Renato Portaluppi [VIDEO], estou declarando, amanhã, feriado em Porto Alegre. Facultativo. Eu tenho certeza que o prefeito vai atender esse nosso pedido, porque o mundo todo está falando de Porto Alegre, do Rio Grande do Sul”, disse o treinador durante entrevista coletiva.

Na rua e na TV

Porto Alegre parou para acompanhar a partida entre Lanús e Grêmio. Tricolores se reuniram em bares, praças e na Arena do Grêmio, localizada no bairro Humaitá.

Após o apito final, buzinaços e queima de fogos tomaram conta da capital do Rio Grande do Sul. A festa varou madrugada e nesta quinta-feira deve ter mais comemorações quando o Grêmio desembarcar voltando da Argentina.

Recado para o Internacional

Durante a entrevista, Renato Gaúcho também deu um recado para metade vermelha do Rio Grande do Sul. O treinador parabenizou o Colorado por ter subido para a Série A do Campeonato Brasileiro – alguns devem encarar esse elogio como uma provocação – e disse que os torcedores do Inter também poderão aproveitar o feriado que ele mesmo declarou.

Com o título, o Grêmio volta a passar o Internacional na lista de campeões da Libertadores.

O Tricolor venceu a competição em 1983 e repetiu a façanha em 1995. O Inter venceu pela primeira vez em 2006 e voltou a vencer em 2010.

Único

Renato Gaúcho ficou ausente do futebol por algumas temporadas. Voltou ao Grêmio para ser campeão da Copa do Brasil e agora vence também a Copa Libertadores da América.

O título continental representa um feito e tanto para Renato. Ele tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar o torneio como jogador e como treinador. Portaluppi já havia batido na trave em 2008, quando treinou o Fluminense que foi derrotado pela LDU na final da Libertadores, nos pênaltis, em pleno Estádio do Maracanã.

Mundial de Clubes

O Grêmio chegará embalado no Mundial de Clubes, que começa daqui a duas semanas. O jogo mais esperado, claro, é uma provável final entre Grêmio e Real Madrid. Para isso acontecer, porém, o Tricolor tem que passar pela semifinal. O adversário será decido do confronto entre Pachuca, do México, e um time marroquino.