O São Paulo enfrentou o Coritiba [VIDEO], no Estádio Couto Pereira, nesse domingo, 26, pela 37° rodada do Campeonato Brasileiro [VIDEO], e conquistou os 3 pontos após sair perdendo na primeira etapa com um gol de pênalti marcado pela arbitragem de Anderson Daronco. A equipe do Morumbi chegou à virada usando a cabeça depois de duas assistências de Shaylon, no segundo tempo.

A vitória no penúltimo jogo do time paulista no ano de 2017 o colocou em 12° lugar na tabela, com 49 pontos ganhos e 44,1 % de aproveitamento. Para chegar à Libertadores 2018, é preciso que o clube supere o Bahia em casa, dia 3, às 17h, e seus outros adversários concorrentes à vaga não pontuem.

Entre eles, estão Botafogo, Chapecoense e Atlético-MG.

Para haver a inclusão de mais dois classificados brasileiros, é necessário que o Grêmio ganhe a Copa Libertadores do Lanús ,e o Flamengo, a Sul-Americana. Desta forma o oitavo e nono colocados do brasileirão também conseguirão ir para a maior competição da América do Sul.

Pelo lado do Coxa, a situação complicou. Bastava ganhar do Tricolor em casa que faria 46 pontos e não correria mais risco de queda para a segunda divisão. Foi o que aconteceu até boa parte da partida, mas a defesa não conseguiu evitar as tentativas pelo alto dos visitantes na etapa complementar e o clube perdeu o duelo.

O Coritiba está em 16° lugar, com 43 pontos, um a mais que o Sport, primeiro do Z4. Agora o time terá que ir até Chapecó (SC) para enfrentar a Chapecoense e decidir sua permanência na série A, dia 3, às 17h.

Escalações

São Paulo- Sidão, Edimar, Rodrigo Caio, Arboleda, Jucilei, Araruna, Shaylon, Cueva, Marcos Guilherme e Brenner. Técnico: Dorival Junior

Coritiba- Wilson, Carleto, Cleber Reis, Werley, Dodô, Jonas, Alan Santos, Tiago Real, Yan Sasse, Rildo e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira

Gols do jogo

Quem inaugurou o marcador em Curitiba foi o coxa-branca, aos 40 minutos do primeiro tempo, com o goleiro Wilson batendo forte o Pênalti no canto direito de Sidão, que foi na bola, mas não conseguiu impedir a alegria do arqueiro rival, que fez o seu segundo gol no Brasileirão.

A penalidade marcada erradamente pelo trio de arbitragem do Rio Grande do Sul, formado pelo juiz Anderson Daronco e seus auxiliares Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior, gerou muita polêmica, pois no lance disputado entre Edimar e Thiago Real, que originou a marcação da infração, quem colocou a mão na bola foi jogador do Coritiba. Mas, mesmo assim, o pênalti foi marcado, e na sequência saiu o gol dos paranaenses,1x0.

Com 22’ do segundo tempo, o São Paulo empatou a disputa. O meia Shaylon bateu escanteio e Éder Militão subiu alto, entre dois, testando forte para balançar as redes de Wilson. O gol da virada veio aos 26’, e foi contra, do meio-campista Matheus Galdezani, de cabeça, em disputa com Rodrigo Caio, após outro levantamento bem feito por Shaylon.

Última oportunidade

No final, o Coxa quase conseguiu igualar o placar, em falta cobrada por Carleto de longa distância. O lateral encheu a bomba e a bola explodiu no peito de Sidão. Na volta, Henrique Almeida chutou e o arqueiro são-paulino defendeu com o pé esquerdo, garantindo o triunfo dos paulistas, a partida acabou aos 48’.

Substituições

  • Mandante - Saíram Alan Santos para entrada de Edinho, Yan por Matheus Galdezani e Edinho por Yago.
  • Visitante - Saíram Araruna para entrada de Thomaz e Brenner por Júnior Tavares.

Cartões amarelos

  • São Paulo - Marcos Guilherme.
  • Coritiba - Cléber Reis, Yan, Werley e Dodô.