A Federação Internacional de voleibol (FIVB) sorteou, nesta quinta-feira (30), os grupos do Campeonato Mundial Masculino de 2018. Sob o comando do técnico Renan Dal Zotto, a Seleção Brasileira se prepara para enfrentar adversários tradicionais já na primeira fase do torneio, disputado na Itália e Bulgária.

O objetivo maior é reconquistar o título mundial perdido na última competição, em 2014, para a Polônia, na casa do adversário.

Publicidade
Publicidade

Naquele ano, após três títulos seguidos, em 2002, 2006 e 2010, o Brasil foi derrotado pelos poloneses, na final, por 3 a 1 (18-25, 25-22, 25-23, 25-22).

De 10 a 30 de setembro, seis cidades italianas e três búlgaras receberão as 24 seleções classificadas. Uma das ausências mais sentidas é a da Alemanha, ganhadora da medalha de bronze no último Mundial. Os cabeças de chave são: Brasil, no grupo B, líder do ranking mundial; Itália, no grupo A, quarta no ranking e organizadora do torneio; EUA, no grupo C, vice-líder; Bulgária, no grupo D, 14ª e também organizadora.

Publicidade

Na primeira fase, os times foram divididos em quatro chaves de seis, passando os quatro primeiros de cada grupo para a seguinte. Terminada a segunda etapa, as seis seleções com melhor pontuação disputarão a terceira em Turim, na Itália, cidade que também sediará as disputas das semifinais e das medalhas de bronze e ouro. No total, vão acontecer 96 jogos nas cidades de Sofia, Varna e Ruse, na Bulgária; e Bari, Bolonha, Florença, Milão, Roma e Turim, na Itália.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vôlei

No sorteio, realizado no histórico Palazzo Vecchio, em Florença, o Brasil ficou no grupo B. Confira todas as chaves:

Grupo A

Itália, Argentina, Japão, Bélgica, Eslovênia e República Dominicana

Grupo B

Brasil, Canadá, França, Egito, China e Holanda

Grupo C

Estados Unidos, Rússia, Sérvia, Austrália, Tunísia e Camarões

Grupo D

Bulgária, Polônia, Irã, Cuba, Finlândia e Porto Rico.

A Rússia detém o maior número de títulos conquistados (6), incluindo os da antiga União Soviética; seguida do Brasil (3); Itália (3); Polônia (2) e EUA (1).

A extinta Tchecoslováquia venceu em 1956 e 1966, enquanto a Alemanha Ocidental foi campeã em 1970.

Já o Mundial Feminino de Vôlei de 2018 será realizado no Japão, nas cidades de Yokohama, Sapporo, Kobe, Hamamatsu, Nagóia e Osaka, de 29 de setembro a 20 de outubro. Vitoriosa em várias competições internacionais, inclusive olímpicas, a Seleção Brasileira jamais conquistou o título mundial. Em 2014, na Itália, a seleção dos EUA foi a campeã e o Brasil ficou com a medalha de bronze.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo