O tão questionado goleiro do Flamengo, Alex Muralha, pode estar de saída do clube, tudo indica que nos próximos dias será negociado. O caminho a seguir pode ser o mesmo onde defendeu em 2013, o Shonyang Bellmare.

Contratado depois de ótima passagem pelo Figueirense, clube que disputará a série B do ano que vem, Muralha começou bem fechando o gol e ganhando confiança, entretanto, ao longo da temporada devido às más atuações, o clube passou por alguns goleiros como César(atual titular),Paulo Victor(contratado pelo Grêmio),Tiago(passou por uma cirurgia e está voltando agora) e a grande contratação do ano Diego Alves(machucou no jogo de ida contra o Junior Barranquilla dando passagem para a volta de Muralha).

O empresário entende que, o goleiro precisa respirar novos ares para que no futuro possa voltar mais maduro e assim poder falhar menos do que esse ano lhe proporcionou. A saída, portanto, é olhada como necessária para as suas correções e do seu aprimoramento de sua técnica.

O contrato vai até 31 de dezembro de 2020, e Muralha está fora de cogitação para o próximo ano e desde então, estará livre para atuar em qualquer clube brasileiro caso a transferência para o Japão não dê certo.

As falhas constantes que culminaram com Muralha [VIDEO] vêm há muito tempo. A torcida tentou apoiar de todas as formas, porém, não ajudou na quase eliminação para o Santos, na Copa Do Brasil, e principalmente o maior culpado na disputa dos pênaltis por ter pulado sempre do mesmo lado contra o Cruzeiro, sagrando assim, o time mineiro, campeão deste ano.

Os melhores vídeos do dia

Nas últimas chances dadas a ele novamente não foram aproveitadas. Contra o Santos, o goleiro deu uma bola de bandeja para Ricardo Oliveira, e outra que não conseguiu defender em um chute despretensioso e fraco.

O jogo contra o Júnior Barranquilla, portanto, poderia ser a chance para poder amenizar o lado “mão de alface” como foi chamado por alguns torcedores e rivais, entretanto não soube aproveitar com algumas bolas que poderiam ser defendidas além do gol que ocorreu de uma bola cruzada que poderia ser defendida.

O clube entende pela “deficiência técnica” do goleiro não há o que fazer no momento, assim será liberado para voltar a ser um dos grandes do futebol brasileiro, por isso, um futebol menos aprumado tecnicamente pode favorecer e evoluir no que precisa ser consertado para voltar o que era paredão como era chamado no Figueirense onde se destacou, alguns anos atrás.