O Palmeiras é o clube mais ativo do Mercado da bola para a temporada de 2018. O Verdão também carrega o status de clube mais bem estruturado do Brasil, além de ter condição financeira excelente. Para se ter uma ideia, o presidente do clube, Maurício Galiotte, já confirmou que o meio do próximo ano será marcado pelo fim completo das dívidas. Ou seja, a partir de julho, o Palmeiras poderá fazer um ‘’colchão’’ financeiro e fazer a roda literalmente girar.

A situação palmeirense abre o olho de muitos jogadores e empresários. Com algumas dificuldades em acertar com reforços, Alexandre Mattos, executivo de Futebol, viu em Minas Gerais a oportunidade de acertar uma troca e concluir a resolução do problema na lateral-direita.

Mattos já tinha adiantado conversas com Rafinha, do Bayern de Munique (ALE). O próprio jogador garantiu que, após uma reunião, definiria seu futuro. Rafinha discutiu com dirigentes alemães e resolveu permanecer no país europeu, uma grande vitrine do futebol mundial.

O executivo palmeirense teve que mudar o alvo. Com muitos jogadores no elenco, a estratégia foi oferecer ativos em troca de um bom lateral. Com relacionamento estreito [VIDEO] com o Atlético Mineiro após as negociações com o atacante Erik e o volante Arouca, Mattos ofereceu o atacante Roger Guedes e o lateral João Pedro para receber Marcos Rocha por uma temporada.

O lateral-direito do Galo chamou a atenção do Palmeiras, que disputará a Copa Libertadores da América. Se fechar com o Rocha, o Verdão ainda terá Mayke e a possibilidade de contar com Jean.

Ou seja, três opções para a posição.

O técnico Roger Machado, que foi contratado recentemente, aprovou o negócio e considera Marcos Rocha ‘’titular absoluto’’ se chegar. Machado pretende fechar o time principal logo na primeira semana de treinos. Roger Guedes e João Pedro não fazem parte do planejamento e serão emprestados de qualquer forma.

A situação de Guedes é a mais delicada. O atacante não aceitou se transferir para o Rio de Janeiro em troca com Gustavo Scarpa, do Fluminense, e criou um intenso mal-estar dentro do Palmeiras. As notícias divulgadas pela imprensa criaram revolta no torcedor.

Os palmeirenses, em sua maioria, também não querem mais a participação de Guedes com a camisa palestrina. Muitos consideram que ele ‘’amarelou’’ em campo e não repetiu o desempenho que tinha no Criciúma quando foi contratado. Com uma possível [VIDEO]passagem pelo Galo, Guedes pode retomar sua imagem perante o Alviverde da Capital.