Ao longo dessa terça-feira (5), surgiram notícias de que o meia [VIDEO] Gustavo Scarpa estaria na mira de Cruzeiro e São Paulo para a próxima temporada, mas, segundo o gerente-executivo de futebol do Fluminense [VIDEO], Alexandre Torres, até o momento, não chegou qualquer proposta. De acordo com ele, a intenção, tanto da diretoria quanto do técnico Abel Braga, é pela permanência do camisa 10 nas Laranjeiras.

"É melhor você ter um jogador que todo mundo quer do que um cara que ninguém quer. Agora, o que eu saiba, até o momento, não existe proposta. Sei que tem clubes brasileiros interessados. Se o clube está interessado, precisa fazer uma proposta.

Da minha parte, do Abel, queremos contar com o Gustavo Scarpa", resumiu o dirigente, citando o ano de 2016, quando o Palmeiras [VIDEO] oficializou o desejo de contratar o apoiador.

"Ano passado, um clube importante do futebol brasileiro fez uma proposta pelo Scarpa e não foi aceita", afirmou. Natural de Campinas, interior de São Paulo, Gustavo Scarpa chegou ao Fluminense em 2012 para atuar nas categorias de base. Dois anos depois, estreou nos profissionais, mas só conquistou o posto de líder e maior destaque do atual elenco em 2015 após a saída de Fred rumo ao Atlético-MG.

O seu melhor momento com a camisa do Tricolor aconteceu no início de 2017, recebendo, inclusive, a oportunidade de ser convocado para a Seleção Brasileira no amistoso contra a Colômbia, no Engenhão, em partida beneficente pelas vítimas do acidente com a Chapecoense.

Durante as semifinais do primeiro turno do Campeonato Carioca, porém, recebeu uma entrada dura de um jogador do Madureira e sofreu uma fratura no pé direito. Ficou afastado durante seis meses e, desde que voltou, jamais repetiu o mesmo desempenho, tornando-se alvo de críticas por parte de torcedores.

Além de Scarpa, o zagueiro Henrique e o centroavante Henrique Dourado, artilheiro da equipe em 2018 e um dos goleadores do último Campeonato Brasileiro, também são alvos de especulações no mercado do futebol brasileiro, mas, por enquanto, nada foi apresentado de concreto.

De recesso, o Fluminense se reapresenta no próximo dia 3, de janeiro no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, para os tradicionais exames médicos e testes de avaliação física. Na manhã seguinte, a delegação embarca para a pré-temporada nos Estados Unidos. Ainda em solo norte-americano, o time carioca participa da Florida Cup.

O primeiro compromisso oficial acontece ainda em janeiro. No dia 7, enfrenta, fora de casa, o Boavista, de Bacaxá, distrito de Saquarema, pela abertura do Campeonato Carioca.