Com sua situação indefinida no Fluminense, sendo até especulado por Grêmio e Corinthians, o atacante Henrique Ceifador, artilheiro do Campeonato Brasileiro ao lado do corintiano Jô, pode jogar em outras terras a partir do ano que vem. De acordo com o comentarista da Jorge Nicola, do canal pago ESPN Brasil, um clube do exterior estaria interessado no jogador do Tricolor.

Segundo o jornalista, o América, do México, procurou os dirigentes do Fluminense interessado no jogador.

Publicidade
Publicidade

Os mexicanos já haviam tentado, sem sucesso, uma investida em Lucas Pratto, do São Paulo. O Grêmio já tentou o jogador, mas se assustou com os valores pedidos pelo time carioca.

Henrique Dourado chegou ao Fluminense durante esta temporada e em 73 partidas com a camisa do Tricolor anotou 34 gols.

Que deselegante

Jogador com longa ficha de serviços prestados ao Fluminense, incluído título do Campeonato Brasileiro, o experiente goleiro Diego Cavalieri deixará o Fluminense pela porta dos fundos.

Publicidade

Ele fez parte da lista de oito atletas dispensados nesta quinta-feira (28). O aviso de que ele não faria mais parte dos planos da diretoria para o ano que vem chegou de uma forma nada elegante.

De acordo com o portal de notícias UOL, o jogador foi avisado pela diretoria por telefone que estava fora dos planos, o que não agradou o jogador de 35 anos. Dias antes, inclusive, ele tinha sido alertado sobre a importância de manter o visto em dia para viajar para os Estados Unidos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

No mês que vem, o Fluminense novamente jogará a Florida Cup, nos Estados Unidos.

O portal de notícias Globo Esporte noticiou que também dias atrás, através de mensagens via WhatsApp, Diego havia sido questionado se estava sendo empresariado por alguém. A resposta do jogador foi negativa. O contato seguinte foi já via telefone, quando ele foi avisado de seu desligamento.

O jogador também se queixa da época em que a decisão foi tomada, uma vez que às vésperas do início da pré-temporada, praticamente todos os times do país já então com seus goleiros acertados.

O jogador tinha mais dois anos de contrato com o clube carioca. Se fosse cumprido até o fim, isso representaria um custo de 10 milhões de reais em salários ao time. A diretoria estima economizar apenas em 2018 cerca de 20 milhões de reais com as dispensas.

Cavalieri chegou ao Fluminense em 2011 e defendeu a meta do Tricolor em 352 jogos, sendo campeão brasileiro em 2012. Ele também fez parte do grupo campeão da Copa das Confederações de 2013 com a Seleção Brasileira.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo