Segundo informações publicadas pelo site Net Lusa, o zagueiro Igor João, recém-contratado pela Portuguesa para a disputa [VIDEO] do Campeonato Paulista da Série A-2, não seguirá no Canindé. O jogador, que ao site oficial havia dito que queria fazer história no clube, se deligou da instituição neste sábado (23) sem ter ao menos feito um único jogo pelo time rubro-verde. Ainda de acordo com as informações postadas pelo Net Lusa, o jogador estaria insatisfeito com a estrutura do alojamento. Ele ainda teria aberto mão de receber os dias que ficou treinando no clube e também o reembolso da passagem aérea.

Igor João chegou ao clube no início deste mês, vindo do Clube do Remo.

Em declaração dada ao site oficial do clube no dia 7 de dezembro, o defensor afirmou que estava feliz em defender as cores da #Portuguesa, o qual disse que era um clube de muita tradição. “Fechei com a Portuguesa por ser um clube de muita tradição e não vejo a hora de começar o campeonato para jogar no Canindé”, declarou o jogador.

A saída do zagueiro deixa do técnico Guilherme Alves com apenas dois jogadores para a posição. Atualmente, o plantel lusitano conta apenas com Gabriel e Fabão.

Outro jogador que pode deixar o clube antes mesmo da estreia no Campeonato Paulista é o atacante Guilherme Queiroz, que foi um dos destaques da Lusa na Copa Paulista. Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, da ESPN Brasil, o jogador recebeu uma proposta do Juventude e existe uma cláusula em seu contrato que prevê a liberação do atleta sem custos, caso ele receba uma oferta de clubes da Série A ou Série B do Campeonato Brasileiro.

Ciente da possível saída de seu jogador, o técnico Guilherme Alves revelou que está conversando com o jogador para tentar convencê-lo a ficar. Ele foi um dos artilheiros da Copa Paulista, com 14 gols anotados.

Estreia nas competições

Pelo terceiro ano seguido jogando a Série A2 do Campeonato Paulista, a Portuguesa estreia na segunda divisão estadual no dia 17 de janeiro, quando recebe o Linense, às 20 horas, no estádio do Canindé, em São Paulo.

Antes, no entanto, o time disputará um torneio preparatório com outras três Portuguesas. A equipe entra em campo já no dia 4 de janeiro, quando encara a co-irmã de Londrina, às 21h15, no estádio do Canindé, pela semifinal da Copa Rubro-Verde. A final, ou decisão de terceiro lugar, será no dia 7, também no Canindé, contra Portuguesa Santista ou a Portuguesa do Rio de Janeiro. #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola