O Palmeiras teve o ano mais frustrante dentre todas as outras equipes brasileiras, pois o clube foi o que mais investiu na temporada, trazendo os jogadores de maior destaque da América do Sul. Entretanto, o clube tinha ganhado a Copa do Brasil, em 2015, e o Campeonato Brasileiro, em 2016, mas neste ano, mesmo sendo a temporada mais investida, não levou nenhum caneco para casa.

Um dos pontos negativos do Verdão nesta temporada foi as frequentes trocas de treinadores.

A equipe começou o ano com Eduardo Baptista no comando. Após ele não conseguir êxito, foi anunciado o retorno de Cuca. Agora, no final de temporada, foi o auxiliar técnico Alberto Valentim que assumiu interinamente o comando.

Valentim chegou a ser unanimidade entre os torcedores e também nos bastidores do clube para ser efetivado ao cargo de treinador e continuar comandando o Palmeiras em 2018. Porém, como o objetivo do Alviverde paulista era tirar o título brasileiro do Corinthians, somente uma reta final de temporada sem derrotas manteria o auxiliar técnico no cargo.

Escorregões

Valentim começou a sua jornada como treinador muito bem, mas, em alguns momentos específicos, como na derrota por 3 a 2 para o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, a equipe teve escorregões, colocando em dúvida a permanência do interino no comando. A diretoria do Palmeiras deixou Alberto Valentim ser técnico até o final da temporada, mas já sabendo que não iria continuar, mesmo com boa parte dos torcedores querendo sua permanência. Antes do final da temporada, a diretoria alviverde já anunciou a contratação de Roger Machado para 2018.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras

Demissão

Alberto Valentim foi demitido do Palmeiras na terça-feira (5). Após a decisão, o ex-auxiliar técnico do clube revelou que estava conversando com a diretoria para continuar na equipe, na função de auxiliar, afirmando que gostaria de ter continuado e se surpreendeu com a demissão.

Muitos pensavam que Valentim queria sair para seguir a carreira de treinador, mas, segundo ele, gostaria de ficar, por se tratar do Palmeiras, e até mesmo abriria mão da carreira de treinador para continuar como auxiliar técnico, ressaltando que não faria isso no clube.

Mas o que surpreendeu foi que, mesmo com as conversas quase encerradas para Valentim continuar no clube, a diretoria do Palmeiras o demitiu. Segundo Valentim, ele ficou surpreendido, mas não ofendido, pois sabe que o Palmeiras fez o melhor por ele.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo