O comentarista da ESPN Brasil, Jorge Nicola, durante o programa Bate-Bola Debate desta segunda-feira (18), disse que o centroavante Henrique Dourado, artilheiro do Campeonato Brasileiro ao lado do corintiano Jô, não seguirá no Fluminense e seu destino será outra equipe de três cores.

Segundo o jornalista, o destino de Henrique deverá ser o time do Grêmio, que por sua vez não terá mais Lucas Barrios, que revelou sua saída horas após a derrota para o Real Madrid na decisão do Mundial de Clubes no último sábado (16).

Publicidade
Publicidade

Jael é outro atacante que também não deve ficar no atual campeão da Copa Libertadores “Há uma boa chance dele se mudar para Grêmio. O Grêmio entendeu que investimento no Barrios é muito caro para renovar o contrato”, disse o comentarista. “O Jael também tem chance de não ficar”, completou o comentarista.

Somando todas as competições, em 2017 Henrique Dourado, ou Ceifador, já que comemora seus gols como se estivesse cortando uma garganta, participou de 73 partidas com a camisa do Fluminense e balançou as redes em 34 oportunidades.

Publicidade

Ele chegou ao time carioca no início deste ano, tendo assinado contrato por quatro temporadas.

Henrique começou a carreira no União São João de Araras, passando em seguida por São Caetano, Cianorte e Chapecoense. Jogou pelo Mogi Mirim, em 2012, e no ano seguinte ganhou sua primeira oportunidade em um time grande de São Paulo, ao ser contratado pelo Santos. Sua passagem pelo Peixe, no entanto, se resumiu a três jogos e nenhum gol marcado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

No mesmo ano jogou pela Portuguesa, onde foi campeão da Série A2 do Campeonato Paulista. Em 2013, defendeu o Palmeiras, marcando 18 gols em 39 jogos. Ele teve ainda uma rápida passagem pelo Cruzeiro e Vitória de Guimarães, de Portugal, até chegar às Laranjeiras nesta temporada.

Registrou boletim de ocorrência

Vítima de agressão sofrida por torcedores do Flamengo, o atacante Marquinhos Calazans registou boletim de ocorrência na 27ª Delegacia da Polícia Civil na Vila da Penha.

Ele estava acompanhado de familiares e advogados quando prestou depoimento.

Na última quarta-feira (13), mesma noite da final da Copa Sul-Americana, ele estava em uma lanchonete acompanhado da namorada e um casal de amigos, quando passou a ser provocado por dois torcedores rubro-negros após ser reconhecido.

Eles então deixaram o local e foram para uma lanchonete ao lado, porém foi perseguido pela dupla de provocadores, que ficavam cada vez mais violentos e partiram para a agressão, atingido justamente o joelho operado recentemente pelo jogador.

Publicidade

Um torcedor do Fluminense, que estava no local, e um funcionário do estabelecimento, conseguiram apartar a confusão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo