Nesta quarta-feira (20), saiu a notícia dando conta que o presidente eleito do Santos [VIDEO], José Carlos Peres, disse que até o final de semana daria um grande presente de Natal para a torcida santista, [VIDEO] se referindo a uma possível volta de Gabriel Barbosa, o Gabigol, à equipe alvinegra. No entanto, em um áudio vazado das gravações em uma rede social o jogador deu a entender que a história não é bem essa.

Durante uma transmissão ao vivo pelo Instagram, feita por Dhiovanna, irmã do atacante, é possível ouvir a voz do atleta contestando as informações, afirmando ainda que eles estão falando besteira, se bem que não foi exatamente esse o termo usado por ele.

“Os caras do Santos deram como certa minha contratação. (...) Eles que não paguem, não, para ver”, disse, antes de completar: “Estão falando m...”. Na ocasião, o jogador esperava um voo de volta para o Brasil, onde passará as festas de final de ano.

Quem também falou sobre o assunto foi o novo vice-presidente de Futebol, Orlando Rollo, que, em entrevista ao canal por assinatura SporTV, ratificou o que já havia declarado o presidente eleito. “Mas se tudo der certo, a torcida vai ganhar esse presente aí e vai ficar muito satisfeita”, disse. Ao que parece, os novos dirigentes terão que trabalhar bastante para conseguir cumprir o prometido nesses últimos dias de 2017. Além de a informação ser contestada pelo próprio jogador, questões financeiras também podem dificultar as negociações.

Dona de seus direitos federativos, a Internacionale de Milão quer 600 mil euros, cerca de 2,34 milhões de reais, por um ano de empréstimo.

Além disso, está disposta a pagar apenas a metade do salário do jogador, algo em torno de 1 milhão de reais mensais. O Santos deseja pagar no máximo 300 mil reais e o restante deixar por conta dos italianos. Além disso, ainda pode existir a concorrência de São Paulo e Flamengo, que já haviam demonstrado interesse em contar com o futebol do jogador.

A vida de Gabriel no futebol europeu não tem sido nada fácil. Adquirido pela Inter de Milão logo após as Olímpiadas do ano passado, onde foi medalha de ouro com a Seleção Brasileira, o jogador teve poucas oportunidades no time italiano, apesar das duas trocas de técnico, e se envolveu em polêmicas, como ter abandonado o banco de reservas ainda com o jogo em andamento.

No meio deste ano, ele foi emprestado ao Benfica, de Portugal, mas por lá as coisas não melhoraram e o brasileiro foi alvo de pesadas críticas da imprensa local, muito também em função da pífia e patética campanha da equipe portuguesa na Liga dos Campeões da Europa, onde perdeu todos os jogos da fase de grupos.